Home | | Opiniões ou Questões | Contacte-nos | Intranet | Email Login
Font size A | A | A

Agência de Viagens



  • Abertura de sucursais

  •  

    A abertura de sucursais está sujeita a autorização prévia da DST, ao abrigo da alínea c) do n.º 1 do artigo 21º do Decreto-Lei n.º 48/98/M, de 3 de Novembro, com a redacção dada pelo Regulamento Administrativo n.º 42/2004.

    Requisitos

    1. Aumento do capital social mínimo em, pelo menos, MOP$300  000,00, por cada sucursal.
    2.
    Instalações:
    As sucursais devem exercer a sua actividade em instalações autónomas, com acesso independente e exclusivamente afectas a esse exercício. As sucursais devem estar instaladas em imóvel destinado a fins comerciais, de serviços, de escritórios ou de profissões liberais, devendo as instalações dispor de:
    Uma área bruta mínima de 20 m2;
    Zona para atendimento de clientes; e
    Equipamento adequado ao exercício das suas actividades.

    Documentos a entregar

    1.
    Impresso referente à abertura de sucursais / balcões【AV Modelo 309】 devidamente preenchido (pode ser descarregado da página electrónica da Indústria Turística de Macau ou levantado na DST/CSRAEM/CSRAEM-I).
    • O requerimento deve ser assinado pelo representante legal da sociedade titular em conformidade com o documento de identificação, acompanhado da fotocópia do respectivo documento de identificação (frente e verso na mesma página).
    • Se o pedido for feito por pessoa a nomear pela sociedade titular mediante procuração, devem ser apresentados o original ou fotocópia autenticada da procuração com assinatura notarialmente reconhecida e a fotocópia do documento de identificação do procurador (frente e verso na mesma página).
    2.
    Cópia da certidão da Conservatória dos Registos Comercial e de Bens Móveis referente ao registo da sociedade titular, emitida há menos de 3 meses.
    3. Planta das novas instalações à escala de 1:100, assinada por especialista responsável registado na Direcção dos Serviços de Solos, Obras Públicas e Transportes.
    4.
    Original da certidão da Conservatória do Registo Predial relativa ao registo do imóvel destinado às novas instalações.
    Observações: O pedido de vistoria【AV Modelo 303】 deve ser apresentado no prazo de 6 meses contados a partir da data da comunicação sobre a concessão da respectiva autorização (o impresso pode ser descarregado da página electrónica da Indústria Turística de Macau ou levantado na DST/CSRAEM/CSRAEM-I).

    Taxa (paga no acto de pedido de vistoria)

    Emolumentos de vistoria: MOP$500,00.

    Local onde se efectua o pagamento

    Sede da DST - O pagamento pode ser efectuado por numerario ou por ordens de caixa ou cheques a ordem da "Direcção dos Serviços de Turismo".
    Centro de Servicos da RAEM/Centro de Serviços da RAEM das Ilhas - O pagamento pode ser efectuado por numerario ou por ordens de caixa ou cheques a ordem do "Instituto para os Assuntos Municipais".

    Informacoes sobre pagamento

    Ao abrigo do Regulamento Administrativo n.o 22/2008,
    Em cada pagamento deve ser utilizado, exclusivamente, um dos tres meios de pagamento acima mencionados;
    O montante expresso na ordem de caixa ou no cheque deve coincidir com o montante de pagamento devido;
    A data de emissao do cheque quando anterior a do pagamento nao pode ser superior a tres dias.
    O cheque deve ser visado se o valor é igual ou superior a 50,000 (cinquenta mil) patacas.

    Carta de Qualidade

      Item da Carta de Qualidade Prazo Normal do Processo e Indicação do Serviço
      Vistoriar as instalações O prazo normal do processo é de 14 dias úteis, contados a partir do dia seguinte à data da entrega do pedido de vistoria e de apresentação de todos os documentos necessários pelo interessado.
    Actualizada: 29/07/2019
    Voltar