Home | | Opiniões ou Questões | Contacte-nos | Intranet | Email Login
Font size A | A | A

 Nota de Imprensa Imprimir



2018 -11 -06 [Voltar]
DST e representantes do sector participam na Exposição Internacional de Importações da China, promovendo Macau na primeira expo de nível nacional dedicada à importação


Directora da DST, Maria Helena de Senna Fernandes, subdirector da DST, Cheng Wai Tong, entre outros, em frente ao expositor

Expositor da DST e do sector turístico

Participantes mostram grande interesse nos recursos turísticos de Macau

Participantes mostram grande interesse nos recursos turísticos de Macau
A Direcção dos Serviços de Turismo (DST) organizou a participação conjunta de representantes da indústria turística de Macau na Exposição Internacional de Importações da China, cuja cerimónia de abertura teve lugar ontem (5 de Novembro), em Xangai. Mediante a participação na exposição, a DST visa promover em conjunto as culturas oriental e ocidental, a gastronomia, os produtos turísticos, as instalações, os serviços, entre outros aspectos de Macau, divulgando activamente o posicionamento da cidade como um centro mundial de turismo e lazer.

A Exposição Internacional de Importações da China é a primeira de nível nacional dedicada especificamente à área da importação, com o certame a incluir duas partes: uma feira e um fórum. Vários serviços públicos de Macau aproveitaram a ocasião para organizar a participação de operadores na exposição para empresas, pretendendo-se através da plataforma providenciada pela expo divulgar o posicionamento e as vantagens do desenvolvimento de Macau como “um centro e uma plataforma”, e funções na iniciativa nacional “Uma Faixa, Uma Rota”. A DST instalou um expositor na feira, tendo a directora da DST, Maria Helena de Senna Fernandes, participado também numa das sessões do fórum, centrada no tema do “comércio e abertura”.

A DST ergueu um expositor sob o tema “Sentir Macau Ao Seu Estilo”, com 180 metros quadrados de área, na “Zona de Exposição do Comércio de Serviços – Serviços de Turismo”, e organizou a participação de operadores turísticos de Macau na exposição. Um total de oito operadores turísticos, incluindo hotéis, companhia aérea, e transportadora marítima, entre outros, divulgaram aos participantes no evento a interligação de culturas oriental e ocidental, a gastronomia, os produtos turísticos, as instalações, festividades e eventos, serviços, entre outros aspectos de Macau. A directora da DST, a par com o subdirector da DST, Cheng Wai Tong, visitaram o expositor da DST e da indústria turística, realizando intercâmbio com os convidados, os operadores turísticos de Macau, os participantes na exposição, entre outros.

A DST acredita que a escala e o nível da exposição permite divulgar com eficácia o objectivo de transformar Macau num centro mundial de turismo e lazer, elevando o perfil da cidade a nível internacional, e impulsionando simultaneamente o intercâmbio e cooperação entre a indústria turística de Macau e o estrangeiro, especialmente no âmbito da iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota”.

O certame é organizado pelo Ministério do Comércio da China e pelo Governo Popular de Xangai, com o apoio da Organização Mundial do Comércio, da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento e da Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial. Acima de 3.000 empresas oriundas de mais de 130 países e regiões, e mais de 150.000 compradores nacionais e estrangeiros reuniram-se no Centro de Exposições e Convenções Nacional de Xangai para participar neste evento internacional.
Actualizada: 06/11/2018