Home | | Opiniões ou Questões | Contacte-nos | Intranet | Email Login
Font size A | A | A

 Nota de Imprensa Imprimir



2018 -11 -21 [Voltar]
Ip Peng Kin lidera delegação à Ilha de Meizhou para participar no 3.° Fórum Global da Cultura da Deusa A-Má


Chefe do GSASC, Ip Peng Kin, profere discurso de honra na cerimónia de abertura do fórum

Cerimónia de abertura do 3.° Fórum Global da Cultura da Deusa A-Má realizada na Ilha de Meizhou

Subdirector da DST, Cheng Wai Tong, entrevistado pela CCTV

Festival de A-Má dedicado à “Crença e Costumes de A-Má”, Património Cultural Imaterial da Humanidade

Visita de familiarização aos blocos tradicionais de Wudianshi em Jinjiang
O chefe do Gabinete do Secretário para os Assuntos Sociais e Cultura (GSASC), Ip Peng Kin, liderou uma delegação de Macau para participar, entre os dias 17 e 18 de Novembro, no 3.º Fórum Global da Cultura da Deusa A-Má e no 20.° Festival de Turismo Cultural da Deusa A-Má da China-Meizhou, realizados na Ilha de Meizhou, na cidade de Putian, na província de Fujian. No decorrer da visita, Ip Peng Kin reuniu também com o governador de Putian, Li Jianhui, o subdirector do Gabinete para os Assuntos de Taiwan, Hong Kong e Macau da província de Fujian, Liu Lianghui, entre outros.

A delegação liderada pelo chefe do GSASC, Ip Peng Kin, incluiu também o subdirector da Direcção dos Serviços de Turismo (DST), Cheng Wai Tong, a chefe do Departamento de Promoção Turística da DST, Betty Fok, representantes do Instituto Cultural (IC), entre outros.

Esta edição do Fórum Global da Cultura da Deusa A-Má foi co-organizada pelo Ministério da Cultura e Turismo da RPC, pelo Ministério de Recursos Naturais da RPC, pela Academia de Ciências Sociais da China, pelo Governo da Região Administrativa Especial de Macau (RAEM), e pelo Governo Popular Provincial de Fujian. A cerimónia de abertura contou com a presença do vice-presidente da Conferência Consultiva Política do Povo Chinês, Zheng Jinbang, do assessor da Federação Nacional de Chineses Ultramarinos Retornados, Lin Zhaosu, do chefe de planeamento do Ministério de Recursos Naturais da RPC, Li Yongjie, da membro da Liderança do Governo Popular da Província de Fujian, Guo Ningning, e do vice-presidente da CCPPC da província de Fujian, Ruan Shiwei. Proferiram discursos na abertura do evento, o antigo secretário de Agricultura e antigo membro do Congresso das Filipinas, Emil Lao Ong, o chefe de planeamento do Ministério de Recursos Naturais da RPC, Li Yongjie, o director do Instituto de História da Academia Chinesa de Ciências Sociais, Bu Xianqun, a membro da Liderança do Governo Popular da Província de Fujian, Guo Ningning, o chefe do GSASC, Ip Peng Kin, entre outros, proferiram os discursos no evento.

No seu discurso na ocasião, Ip Peng Kin partilhou a sua experiência na aprendizagem sob o tema da Cultura da Deusa A-Má em Macau. Ip Peng Kin referiu ainda que Macau foi um dos primeiros pontos de cruzamento das culturas do Oriente e do Ocidente no Extremo Oriente, e actualmente, a Rota da Seda Marítima, enquanto símbolo histórico foi integrada em “Uma Faixa, Uma Rota”. Com a evolução do tempo, Macau tornou-se mais uma vez num importante elo de ligação da Rota da Seda Marítima, e neste contexto a Cultura da Deusa A-Má também constituirá um componente de relevo. Para integrar o desenvolvimento nacional, Macau precisa em primeiro lugar de fortalecer a construção da cidade. O posicionamento do desenvolvimento de Macau como um centro mundial de turismo e lazer e uma plataforma de serviços para a cooperação comercial entre a China e os países de língua Portuguesa dados pelo País, definem claramente a missão e posição de Macau na iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota”. A construção de “um centro” possibilita que Macau tenha um nível de primeira classe mundial na área de turismo e lazer, o que reforçará a coesão nacional, a penetração histórica, civilizacional e inspiração artística. Uma construção bem-sucedida de “Um centro, Uma plataforma” apoiará o intercâmbio entre as populações e trará um maior fluxo para as transacções comerciais, fornecendo um apoio forte e sustentável para o desenvolvimento de “Uma Faixa, Uma Rota”.

O 3.º Fórum Global da Cultura da Deusa A-Má conta com um fórum principal, seis fóruns paralelos e oito actividades complementares. O evento realiza-se em simultâneo com o 20.° Festival de Turismo Cultural da Deusa A-Má da China-Meizhou. Numa entrevista à comunicação social durante o evento, o subdirector da DST, Cheng Wai Tong, assinalou o papel da cultura da Deusa A-Má para ajudar na promoção do intercâmbio e cooperação entre Fujian e Macau. A delegação realizou ainda uma visita de familiarização aos blocos tradicionais de Wudianshi em Jinjiang para conhecer o projecto de transformação de uma zona de casas antigas numa área de lazer e cultura.

Actualmente, existem voos diários entre Macau e a província de Fujian. Nos primeiros dez meses do ano, o número de visitantes de Fujian a Macau atingiu os 740 mil, registando um crescimento anual de 7,7 por cento, com Fujian a manter o terceiro lugar entre as províncias do Interior da China que mais visitam a cidade.
Actualizada: 21/11/2018