Home | | Opiniões ou Questões | Contacte-nos | Intranet | Email Login
Font size A | A | A

 Nota de Imprensa Imprimir



2019 -04 -09 [Voltar]
7.ª Expo Internacional de Turismo (Indústria) de Macau com sete destaques e dobro da área de exposição para desempenhar o papel de Macau enquanto plataforma


Conferência de imprensa da 7.ª Expo Internacional de Turismo (Indústria) de Macau

Conferência de imprensa da 7.ª Expo Internacional de Turismo (Indústria) de Macau

Directora da DST discursa na conferência de imprensa
Com apoio do Ministério da Cultura e Turismo da República Popular da China, a organização da Direcção dos Serviços de Turismo (DST) e a coordenação da Associação das Agências de Viagens de Macau, a 7.ª Expo Internacional de Turismo (Indústria) de Macau terá lugar entre os dias 26 e 28 de Abril, nos Halls D e E da Cotai Expo, no Venetian Macao. A Expo de Turismo expande de uma área de 11.000 metros quadrados no ano passado para o dobro, com um total de 22.000 metros quadrados este ano, e o número de expositores aumenta de 550 para 800. O evento de três dias abarca sete destaques: Pavilhão de “Celebrações do 20.° Aniversário do Estabelecimento da RAEM”; Promoção de Parcerias de Turismo da Iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota”; Desenvolvimento de Itinerários Multi-Destinos na Grande Baía, Plataforma de Intercâmbio entre a China e os Países de Língua Portuguesa; Exploração de Gastronomia e Desenvolvimento Sustentável; Reforço de Interacção e Integração da Cultura e Turismo; e Estabelecimento do Sistema de Marcação Prévia para Facilitar Bolsas de Contacto, num conjunto de iniciativas para reforçar o papel do certame como plataforma internacional de contactos e de venda dos produtos de turismo, gerador de maiores benefícios.

Sistema de marcação prévia para facilitar bolsas de contacto lançado pela primeira vez
A DST, em conjunto com a Associação das Agências de Viagens de Macau, realizou hoje (dia 9) uma conferência de imprensa para apresentar o programa do evento deste ano. A directora da DST, Maria Helena de Senna Fernandes, o subdirector da DST, Cheng Wai Tong, e o presidente da Associação das Agências de Viagens de Macau, Alex Lao, entre outros, estiveram presentes no encontro com a imprensa. Num discurso na ocasião, a directora da DST referiu que, com a 7.ª Expo de Turismo a decorrer neste relevante ano das celebrações do 70.º aniversário da implantação da República Popular da China e do 20.º aniversário do estabelecimento da RAEM, com base no que tem sido feito no passado, houve um esforço maior para optimizar e inovar o certame, com o intuito de o elevar a um novo patamar. Referindo ainda que, tendo em consideração o apoio a Macau para criar mais feiras de marca com influência a nível internacional, constante nas “Linhas Gerais do Planeamento para o Desenvolvimento da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau”, após seis edições da Expo de Turismo, o certame já se tornou num evento de marca da indústria turística de Macau. A directora assinalou também que, este ano a Expo de Turismo adopta pela primeira vez o sistema de marcação prévia de encontros, e conta com um dia exclusivo para bolsas de contacto, para gerar contactos mais direccionados, optimizando a qualidade e a eficácia dos encontros empresariais.

Sete destaques para mostrar as vantagens globais da Expo de Turismo
No ano passado, a Expo de Turismo recebeu o Prémio de Exposição de Marca dos Prémios para Louvor de Convenções e Exposições de Macau, e o Prémio de Exposição Excelente para Consumidores – 2.° Classificado dos Prémios da Federação Asiática de Associações de Exposições e Convenções 2018. Este ano na sua sétima edição, a Expo de Turismo prossegue empenhada na criação de uma plataforma eficaz para encetar um intercâmbio de turismo, elevando assim os benefícios comerciais dos participantes. O conteúdo da Expo de Turismo cobre os seis elementos essenciais da cadeia da indústria do turismo, nomeadamente a alimentação, alojamento, transporte, entretenimento, viagens e compras, reunindo representantes da indústria turística e sectores relacionados de várias partes do mundo, incluindo agências de viagens, hotéis, pontos turísticos, transportes de turismo, serviços extensivos de turismo, entre outros. A Expo de Turismo irá continuar o seu trajecto para forjar uma feira de turismo internacional de “marca de Macau”, esperando ganhar maior reconhecimento e influência a nível internacional, apoiando os esforços de Macau para se transformar num centro mundial de turismo e lazer.

Esta edição da Expo de Turismo continua a destacar o posicionamento e o papel único de Macau e a sua participação na iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota” e na construção da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau, abarcando sete pontos de destaque, que evidenciam as vantagens e características da cidade. Os sete destaques são:
(1) Pavilhão de “Celebrações do 20.° Aniversário do Estabelecimento da RAEM”: Em sete capítulos, o pavilhão mostra o enriquecimento contínuo dos recursos e produtos do turismo de Macau, nas diferentes vertentes e em várias perspectivas, sob o sucesso da prática do princípio “Um País, Dois Sistemas”, divulgando ainda a imagem colorida da cidade turística e o empenho em transformar Macau num centro mundial de turismo e lazer;
(2) Promoção de Parcerias de Turismo da Iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota”: O Pavilhão Uma Faixa, Uma Rota tem uma área de cerca de 1.000 metros quadrados, e conta com cerca de 130 entidades e empresas de turismo expositoras oriundas de cerca de 35 países integrados na iniciativa que irão discutir e aprofundar a cooperação no âmbito da diversificação de produtos turísticos ao longo de “Uma Faixa, Uma Rota”;
(3) Desenvolvimento de Itinerários Multi-Destinos na Grande Baía: O Pavilhão Grande Baía fornece as mais recentes informações sobre turismo multi-destinos na Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau. O pavilhão inclui as Ruas de Zhongshan, de Guangzhou e de Zhuhai, com venda de produtos culturais e turísticos. Durante a Expo de Turismo, a DST organiza ainda uma visita de familiarização para operadores turísticos da Malásia, da Indonésia, da Tailândia, de Singapura, das Filipinas, dos Estados Unidos e da região de Taiwan para realizarem um itinerário multi-destinos a Guangzhou, Zhaoqing, Jiangmen, Macau e Hong Kong. Durante a expo terão também lugar duas palestras organizadas pela Aliança para Impulsionar a Construção de uma Base de Educação e Formação Turística da Grande Baía de Guangdong-Hong Kong-Macau, sob o tema “Intercâmbio com Directores Executivos sobre Atracções da Grande Baía” e “Construindo Carreiras de Sucesso na Grande Baía”;
(4) Plataforma de Intercâmbio entre a China e os Países de Língua Portuguesa: O Pavilhão da China e dos Países de Língua Portuguesa aprofunda o intercâmbio de turismo cultural sino-lusófono através de mostra de produtos dos países de língua portuguesa, de apresentação da cerimónia do chá chinesa, entre outros. Serão ainda realizadas uma série de “Sessões de Promoção de produtos turísticos de países de língua portuguesa” para apresentar as atracções, os recursos e os produtos turísticos de Portugal, Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor Leste, para promover o intercâmbio e cooperação no domínio do turismo;
(5) Exploração de Gastronomia e Desenvolvimento Sustentável: Numa co-organização com a National Geographic, será realizada durante o evento uma sessão educacional intitulada “Como Macau lidera a mudança para uma indústria alimentar mais sustentável e criativa na Ásia”;
(6) Reforço de Interacção e Integração da Cultura e Turismo: O Pavilhão Cultural e Criativo, reflecte a dinâmica das indústrias culturais e criativas, ampliando o valor agregado do turismo cultural por meio da integração orgânica da cultura, artesanato, gastronomia e criatividade;
(7) Estabelecimento do Sistema de Marcação Prévia para Facilitar Bolsas de Contacto: O sistema de marcação prévia é apresentado pela primeira vez. Os expositores e compradores fazem marcação prévia no sistema antes de virem para Macau, para facilitar a realização de bolsas de contacto. O sistema gera automaticamente a agenda de encontros, procurando-se conseguir contactos mais direccionados.

Destaque do efeito de plataforma dupla
A Expo de Turismo deste ano irá continuar a procurar oportunidades de cooperação com os operadores turísticos internacionais, bem como a construir uma plataforma de exibição e comercialização para as empresas de turismo e residentes de Macau. Até à data, já está confirmada a participação cerca de 430 empresas e entidades, de 450 compradores profissionais, oriundos de mais de 50 países e regiões, que aproveitam a plataforma da Expo de Turismo para impulsionar o intercâmbio e a cooperação regional e internacional e explorar oportunidades de negócios.

A Expo de Turismo do ano passado atraiu a participação de cerca de 420 empresas e entidades, provenientes de 50 países e regiões. Com uma área total de exposição de cerca de 11.000 metros quadrados e 550 expositores, o evento registou 40.000 visitantes, a par com mais de 300 compradores profissionais oriundos dos principais mercados de visitantes de Macau, e a concretização de 38 acordos de cooperação.

Entrada livre para a Expo de Turismo
A 7.ª Expo Internacional de Turismo (Indústria) de Macau decorre das 09h00 às 18h00, no dia 26 de Abril (destinado exclusivamente a visitantes profissionais), e das 10h00 às 20h00, nos dias 27 e 28 de Abril (destinado ao público em geral). Os bilhetes de entrada são distribuídos gratuitamente ao público na entrada do Hall D da Cotai Expo, do Venetian Macao. Durante a Expo de Turismo disponibiliza-se estacionamento grátis no Hall C da Cotai Expo, do Venetian Macao, aos residentes que se desloquem de carro, bem como haverá quatro carreiras de ligação de autocarro grátis entre Macau, Taipa e o local do evento.

As entidades co-organizadoras da Expo de Turismo incluem o Instituto Cultural, o Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau, a Associação Comercial de Macau, a União Geral das Associações dos Moradores de Macau, a Federação das Associações dos Operários de Macau, a Associação Geral das Mulheres de Macau, a Associação Geral dos Chineses Ultramarinos de Macau, a Associação das Agências de Turismo de Macau e a Associação de Indústria Turística de Macau.

Mais informações disponíveis na página electrónica da 7.ª Expo Internacional de Turismo (Indústria) de Macau: www.mitexpo.mo
Actualizada: 09/04/2019