Home | | Opiniões ou Questões | Contacte-nos | Intranet | Email Login
Font size A | A | A

 Nota de Imprensa Imprimir



2019 -01 -19 [Voltar]
Demonstração Culinária de Cidades Criativas da UNESCO em Gastronomia abre em Macau


Secretário para os Assuntos Sociais e Cultura com representantes da UNESCO, de Cidades Criativas de Gastronomia e outros convidados na cerimónia de abertura

Directora da DST assinala o relevo deste primeiro evento público de encontro entre as Cidades Criativas de Gastronomia e os residentes e visitantes de Macau

Jacky Lam foi o primeiro chefe a subir ao palco para realizar uma demonstração culinária especial de Macau

Chefes das Cidades Criativas de Bergen (Noruega) e Buenaventura (Colômbia) partilham com o público a inspiração e contexto cultural das suas criações culinárias

Stands com iguarias e bebidas de Macau, e entretenimento também presentes na demonstração culinária
Uma Demonstração Culinária de Cidades Criativas da UNESCO em Gastronomia arrancou hoje (dia 19) em Macau, reunindo jovens chefes de 20 Cidades Criativas de Gastronomia, que durante o fim de semana subirão ao palco para preparar as suas criações culinárias, e partilhar a sua cultura e inspiração com os residentes e visitantes. A demonstração ao ar livre é um dos destaques do “Fórum Internacional de Gastronomia, Macau 2019”, e junta-se às celebrações do 20.º aniversário do estabelecimento da Região Administrativa Especial de Macau (RAEM).

A demonstração culinária, que decorrerá hoje e amanhã na zona Anim’Arte NAM VAN, arrancou hoje após uma cerimónia realizada na presença do Secretário para os Assuntos Sociais e Cultura, Alexis Tam, e da Especialista Sénior em Programas de Políticas Culturais e Desenvolvimento do Sector Cultural da UNESCO, Denise Bax. Também presentes na ocasião estiveram o chefe do Gabinete do Secretário para os Assuntos Sociais e Cultura, Ip Peng Kin, a directora da Direcção dos Serviços de Turismo (DST), Maria Helena de Senna Fernandes, a presidente do Instituto de Formação Turística (IFT), Fanny Vong, o presidente e o director geral da Associação de Cozinha de Macau, Sunny Ip e Jacky Lam, respectivamente, a par com representantes de 21 Cidades Criativas de Gastronomia, entre outros convidados.

Num discurso durante a cerimónia de abertura, a directora da DST, e ponto focal da RAEM para a Rede de Cidades Criativas da UNESCO, Maria Helena de Senna Fernandes, assinalou: “Esta é uma ocasião muito especial para Macau enquanto nova Cidade Criativa de Gastronomia, uma vez que proporcionamos pela primeira vez uma oportunidade de contacto entre Cidades Criativas de Gastronomia de todo mundo e os nossos residentes e visitantes.”

“O evento deste fim de semana é uma celebração da diversidade da cultura gastronómica da Rede de Cidades Criativas da UNESCO; serve também para apresentar a história e as histórias por detrás da comida das diferentes cidades através das criações modernas de sabores tradicionais dos seus chefes; é ainda para divulgar os objectivos que nos unem enquanto rede, do uso da criatividade para desenvolver cidades sustentáveis e dinâmicas,” acrescentou.

Jovens chefes de 20 Cidades Criativas de Gastronomia preparam pratos ao vivo
As Cidades Criativas de Gastronomia participantes trouxeram alguns dos seus mais talentosos jovens chefes para conduzir as demonstrações culinárias, em resposta ao pedido da DST para convidarem profissionais com idades entre os 18 e os 40 anos, para dar a conhecer as novas gerações de artes culinárias das diferentes geografias e inspirar os aspirantes do ramo em Macau. Os jovens chefes subirão ao palco para preparar aperitivos, pratos principais e sobremesas ao vivo, partilhando em simultâneo com o público a sua paixão pela cozinha e a forma como integram a sua cultura e inovações nas suas receitas.

Enquanto cidade anfitriã, além de uma participação nas demonstrações como Cidade Criativa de Gastronomia, representada pelo chefe local Ao Ka Lok, Macau conduzirá também cinco demonstrações culinárias especiais durante os dois dias. Alguns dos mais jovens participantes na demonstração culinária são de Macau: alunos de artes culinárias do IFT e da Universidade de Ciência e Tecnologia de Macau (MUST, na sigla inglesa), em conjunto com um professor, apresentarão as suas versões modernas de pratos macaenses tradicionais em duas apresentações especiais. O público terá ainda oportunidade para ver três célebres chefes locais de cozinha cantonense preparar as suas criações culinárias e partilhar a sua experiência no local: Jacky Lam (distinguido pela RAEM com a Medalha de Mérito Turístico, em 2017), Joseph Tse (chefe executivo do restaurante com três estrelas Michelin, The 8) e Tam Kwok Fung (chefe executivo do restaurante Wing Lei Palace).

Um total de mais de 30 chefes de 20 Cidades Criativas de Gastronomia, em conjunto com mais duas cidades candidatas da China subirão sucessivamente ao palco, duas cidades de cada vez, para conduzir as demonstrações culinárias. Mestres de cerimónia facilitarão as demonstrações, dialogando com os chefes enquanto estes preparam os pratos, assegurando ainda a tradução em cantonense. O público pode provar gratuitamente as iguarias preparadas pelos chefes no final de cada demonstração, as quais serão distribuídas até terminar.

As demonstrações culinárias de hoje decorrem entre as 13h00 e as 19h30, e incluem (por ordem de actuação): demonstração especial de Macau (Jacky Lam); Bergen (Noruega) e Buenaventura (Colômbia); Burgos e Dénia (Espanha); Chengdu e Shunde (China); demonstração especial de Macau (MUST); Ensenada (México) e Gaziantep (Turquia); Hatay (Turquia) e Jeonju (Coreia); Östersund (Suécia) e Cidade do Panamá (Panamá); e demonstração especial de Macau (Joseph Tse). No domingo, as demonstrações têm lugar entre as 11h00 e as 16h10, apresentando (por ordem de actuação): demonstração especial de Macau (IFT); demonstração especial de Yangzhou (cidade candidata, China); Paraty (Brasil) e Parma (Itália); Phuket (Tailândia) e Popayán (Colômbia); demonstração especial de Macau (Tam Kwok Fung); San Antonio (EUA) e Tsuruoka (Japão); Macau (China) e Tucson (EUA); e demonstração especial de Huai’an (cidade candidata, China).

Stands com iguarias de Macau e entretenimento no fim de semana de celebração da gastronomia
A par com as demonstrações culinárias em palco, o local conta também com 10 stands de gastronomia, quatro de bebidas, e três estabelecimentos de restauração da zona de Anim’Arte NAM VAN, com comidas e bebidas de Macau, apresentados por operadores locais do sector. Serão também disponibilizadas informações sobre a Rede de Cidades Criativas da UNESCO e os chefes participantes, a par com jogos e outros entretenimentos.

Para poder aceder às comidas e bebidas disponibilizadas gratuitamente nos stands, os residentes e visitantes têm de cumprir certos desafios para obter cupões gastronómicos para troca por comidas e bebidas no local (há um limite na quantidade de comidas e bebidas que são distribuídas em cada hora). 

Os passatempos para troca por cupões gastronómicos são: seguir a conta da DST no WeChat; completar desafios relacionados com comidas de Macau no popular jogo electrónico Cooking Mama disponibilizado no local; tirar fotografias no local com a mascote do turismo de Macau Mak Mak, na zona do jogo Cooking Mama, com os chefes que irão actuar, do ambiente da demonstração culinária ou nas instalações luminosas do Festival de Luz de Macau no Centro Náutico da Praia Grande, e fazer o carregamento nas redes sociais sob a designação #CityofGastronomy, no espaço de uma hora da troca por cupões; subscrever (apenas para visitantes) a versão online da publicação da DST What’s On Macao. São disponibilizadas orientações e há pessoal no local para apoiar o público sobre os detalhes relacionados.

A louça de mesa descartável usada pela organização para a distribuição de comida é reciclada, sendo os visitantes da demonstração culinária encorajados a trazer os seus próprios utensílios.

Sessões de apresentações e discussões do fórum decorrerem segunda-feira
Numa organização da DST, com a coordenação da Associação de Cozinha de Macau, a demonstração culinária é um destaque aberto à participação do público do “Fórum Internacional de Gastronomia, Macau 2019”. Designado ao tema “As Possibilidades da Gastronomia e Criatividade”, as sessões de apresentações e debate do fórum decorrerão segunda-feira (dia 21). A par com reuniões internas das Cidades Criativas da UNESCO em Gastronomia, bem como entre as Cidades Criativas da China, os delegados terão também oportunidade de percorrer a cidade, incluindo mercados locais, alguns dos novos empreendimentos e eventos de Macau para uma experiência mais a fundo do destino. Este ano na sua terceira edição, o fórum é uma importante plataforma de Macau para interagir com outras cidades membros da rede no seu processo de desenvolvimento como uma Cidade Criativa de Gastronomia.
Actualizada: 19/01/2019