Direcção dos Serviços de Turismo

 Nota de Imprensa
2018 -11 -13
DST e IFT divulgam Macau como Cidade Criativa de Gastronomia em Espanha


Subdirector da DST, Cheng Wai Tong (segundo à direita), com o Secretário do Turismo do Governo da Comunidade Autónoma Valenciana, Francesc Colomer Sánchez (ao centro), e outros membros do governo de Valência no expositor de Macau

Chefs do IFT realizam demonstração de culinária macaense na feira de gastronomia em Espanha

DST e IFT unem esforços para promover Macau com outras Cidades Criativas de Gastronomia da UNESCO em mostra no Palco da Rota da Seda no certame
A Direcção dos Serviços de Turismo (DST) juntou uma vez mais esforços com o Instituto de Formação Turística (IFT), desta vez para participar numa feira de gastronomia realizada esta semana em Valência, Espanha, para promover a cultura gastronómica de Macau em conjunto com outras Cidades Criativas da UNESCO em Gastronomia ligadas à Rota da Seda.

Por convite do Turismo da Comunidade Autónoma Valenciana, o subdirector da DST, Cheng Wai Tong, a par com a chefe do Departamento de Formação e Controlo da Qualidade da DST, Doris Leong, o vice-coordenador executivo assistente do Departamento de Restauração do IFT, David Wong, e o chefe de cozinha do Departamento de Restauração do IFT, Hans Lee Rasmussen, participaram na feira gastronómica, “Gastrónoma 2018”, realizada em Valência, de 11 a 13 de Novembro.

Macau e outras Cidades Criativas da UNESCO em Gastronomia divulgaram a sua gastronomia, cultura e turismo no Palco da Rota da Seda, uma zona temática adicionada como um dos novos destaques do certame deste ano. Colocando em foco a forte ligação histórica de Valência com a Rota da Seda no maior evento gastronómico da região, a nova zona temática teve como objectivo providenciar uma plataforma para promoção e diálogo com Cidades Criativas da UNESCO em Gastronomia relacionadas com a Rota da Seda. As cidades convidadas foram as envolvidas no projecto de pesquisa “História das relações baseadas na cultura da comida na Rota da Seda”, que está a ser desenvolvido por várias cidades membro da Rede de Cidades Criativas da UNESCO no ramo da gastronomia, incluindo Macau.

A DST e o IFT promoveram a gastronomia da cidade, distribuíram informações de turismo, bolachas de amêndoa, entre outros, no expositor individual instalado no Palco da Rota da Seda. O ponto alto da promoção foram duas sessões de demonstrações de culinária e prova de cozinha macaense, conduzidas pelos dois chefs de Macau, David Wong e Hans Lee Rasmussen, que prepararam minchi, apresentando ao público os ingredientes, técnicas de confecção e o contexto cultural da cozinha fruto do intercâmbio de culturas oriental e ocidental, característica de Macau. Outras Cidades Criativas de Gastronomia presentes no Palco da Rota da Seda foram Shunde (China), Jeonju (Coreia), Dénia (Espanha), Östersund (Suécia), Tsuruoka (Japão) e Hatay (Turquia).

O projecto de pesquisa multilateral, “História das relações baseadas na cultura da comida na Rota da Seda”, iniciado por Gaziantep (Turquia), que envolve um total de nove Cidades Criativas de Gastronomia, dedica-se ao estudo e disseminação de conhecimento sobre a história da gastronomia e cultura das Cidades Criativas de Gastronomia localizadas ao longo da Rota da Seda.

‘Gastrónoma’ é uma feira gastronómica realizada anualmente em Valência, que reúne chefs de renome, a par com produtores de comida, distribuidores, vendedores e artesãos, para posicionar a região de Valência na linha da frente da cultura gastronómica. O evento inclui demonstrações culinárias, provas, workshops, debates e outras actividades tendo como alvo profissionais relacionados com o ramo da gastronomia e público gourmet.
Actualizada: 13/11/2018