Home | | Opiniões ou Questões | Contacte-nos | Intranet | Email Login
Font size A | A | A

Resposta às opiniões públicas


Data Assuntos do Turismo
2018-03-05 Acompanhamento e monitorização da capacidade de acolhimento turístico de Macau

Resposta da DST a opiniões da sociedade referentes às dificuldades em acompanhar e monitorizar a capacidade de acolhimento turístico de Macau:

A capacidade de acolhimento turístico é um conceito dinâmico, que varia consoante as alterações no número de visitantes, no comportamento de viagem, nas infra-estruturas turísticas e na situação da oferta e da procura de produtos turísticos. A capacidade de acolhimento turístico dos destinos também varia conforme sejam dias de feriados durante festividades ou dias normais, e é distinta nas diferentes zonas da cidade. As autoridades irão tomar diferentes medidas de divulgação, de gestão e definir estratégias para dividir o fluxo de visitantes, consoante as necessidades. De um modo geral, nos dias normais, o processo de acolhimento turístico de Macau é fluído, e nos feriados durante festividades a segurança e estabilidade é garantida.

O “Plano Geral do Desenvolvimento da Indústria do Turismo de Macau” concluído pela DST em 2017 tem em atenção a tendência da evolução da capacidade de acolhimento turístico da cidade, e propõe a continuação da monitorização e acompanhamento da situação social, especialmente do congestionamento nos pontos turísticos, da oferta de táxis, da qualidade dos serviços e de outros meios de transporte. Por outro lado, o Plano Geral propõe também melhorar a área da rede do sistema de transportes, adicionar actividades de baixo custo e actividades destinadas aos visitantes que não pernoitam na cidade, acompanhar o andamento das medidas aplicadas nos postos fronteiriços, recursos humanos da indústria, entre outros indicadores-chave, para monitorizar as situações da capacidade de acolhimento turístico.

A DST irá continuar a consultar estudos sobre a capacidade de acolhimento turístico. Estes Serviços irão também reforçar a cooperação com os serviços competentes, abordando o ambiente turístico e as infra-estruturas, reforçando a gestão de multidões nos postos fronteiriços e pontos turísticos, bem como a troca de informações, o condicionamento de trânsito, entre outros trabalhos, tendo como alvo a capacidade global de acolhimento de turistas, e durante feriados por ocasião de festividades.

上一頁 01   02   03   下一頁
Página
Actualizada: 17/04/2018