Home | | Opiniões ou Questões | Contacte-nos | Intranet | Email Login
Font size A | A | A

 Nota de Imprensa Imprimir



2019 -05 -20 [Voltar]
DST ausculta opiniões dos cidadãos para estudo de viabilidade da cobrança de uma taxa turística em Macau

A Direcção dos Serviços de Turismo (DST) lançou um estudo sobre a viabilidade da cobrança de uma taxa turística em Macau, o qual inclui análise de casos e questionários a cidadãos, operadores turísticos e visitantes. Neste âmbito, uma sondagem de opinião dos cidadãos teve hoje (dia 20) início, com a duração de um mês, para recolher as opiniões dos cidadãos, por meio de um questionário online, cujos resultados servirão como material de referência de relevo para uso na análise global do assunto.

 

O questionário online sobre o estudo da possível cobrança de uma taxa turística em Macau foi elaborado pela DST, tendo contado também com o parecer do Instituto de Formação Turística. Através de uma sondagem de opinião pública com a duração de um mês, a DST irá recolher as intenções e opiniões dos cidadãos sobre a viabilidade da cobrança de uma taxa turística em Macau. O questionário está disponível em chinês tradicional/simplificado, português e inglês. De 20 de Maio a 20 de Junho, os cidadãos são convidados a visitar a Página Electrónica da Indústria Turística de Macau (http://industry.macaotourism.gov.mo) ou aceder directamente à página: http://www.macaotourism.gov.mo/r/pt/ottr (com possibilidade de escolha do idioma apropriado para preencher o questionário), para participar na sondagem de opinião pública e contribuir com as suas opiniões. Os cidadãos que completarem e entregarem com sucesso o questionário receberão uma lembrança, para cuja recolha serão posteriormente notificados pela DST após a conclusão da sondagem.

 

Além do inquérito online para recolha de opiniões dos cidadãos, a DST já enviou também questionários à indústria turística e está a conduzir inquéritos a visitantes de saída em vários postos fronteiriços, para recolher opiniões de forma mais ampla. As opiniões recolhidas servirão como uma importante referência para o estudo global.

Actualizada: 20/05/2019