Home | | Opiniões ou Questões | Contacte-nos | Intranet | Email Login
Font size A | A | A

 Nota de Imprensa Imprimir



2019 -06 -12 [Voltar]
Reunião Anual da Federação Turística da Região Metropolitana da Grande Baía de Guangdong-Hong Kong-Macau realizada em Hong Kong
Macau apresenta progresso dos trabalhos realizados

A “Federação Turística da Região Metropolitana da Grande Baía de Guangdong-Hong Kong-Macau” (Federação) realizou hoje (dia 12), em Hong Kong, a segunda reunião anual para estudar os temas de cooperação da Federação para este ano. Na reunião, todas as entidades membros expressaram activamente as suas opiniões e conduziram discussões abrangentes sobre o desenvolvimento futuro da indústria turística na Grande Baía. O subdirector da Direcção dos Serviços de Turismo (DST), Cheng Wai Tong, e delegação, participaram na reunião.

 

O director geral do Departamento de Cultura e Turismo de Guangdong, Wang Yiyang, o subdirector dos Serviços de Cultura, Rádio, Televisão e Turismo do município de Guangzhou, Wu Qingsong, o comissário da Comissão para o Turismo do Governo da Região Administrativa Especial de Hong Kong, Joe Wong, o subdirector da DST, Cheng Wai Tong, a par com a chefe do Departamento de Comunicação e Relações Externas da DST, Kathy Iong, a chefe da Divisão de Mercados da DST, Cora Vong, e dirigentes das autoridades de turismo de Shenzhen, Zhuhai, Foshan, Huizhou, Dongguan, Zhongshan, Jiangmen e Zhaoqing, participaram no encontro. Durante a reunião, os Serviços de Cultura, Rádio, Televisão e Turismo do município de Guangzhou, entidade que assumiu a presidência rotativa do mecanismo no ano passado, fez um balanço sobre os trabalhos desde a criação da Federação, ao que se seguiu uma apresentação assegurada pela nova presidência rotativa, a Comissão para o Turismo do Governo da Região Administrativa Especial de Hong Kong, sobre os trabalhos para este ano.

 

Balanço dos trabalhos efectuados

Ao fazer o balanço dos trabalhos efectuados, o subdirector dos Serviços de Cultura, Rádio, Televisão e Turismo do município de Guangzhou, Wu Qingsong, referiu que a Grande Baía Guangdong-Hong Kong- Macau é uma das regiões com maior grau de abertura e maior vitalidade económica do País, e a escala do desenvolvimento económico do turismo ocupa um lugar cimeiro a nível nacional. Ao longo do último ano, a marca turística “multi-destinos” ganhou o amplo reconhecimento entre os visitantes nacionais e estrangeiros. A imagem de cultura e lazer da Grande Baía foi efectivamente disseminada, com a situação do desenvolvimento turístico da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau a continuar a melhorar. Os principais trabalhos realizados no ano passado incluíram: (1) Realização com sucesso da primeira reunião de membros; (2) Reforço do mecanismo de cooperação e intercâmbio; (3) Promoções conjuntas; (4) Aprofundamento contínuo da cooperação entre mercados; (5) Construção de uma área turística sem barreiras; (6) Reforço de intercâmbio cultural e cooperação entre Guangzhou, Hong Kong e Macau.

 

Discussão sobre os trabalhos futuros

Na reunião, o representante da nova presidência rotativa, o comissário da Comissão para o Turismo do Governo da Região Administrativa Especial de Hong Kong, Joe Wong, e os membros da Federação debateram sobre o plano de trabalho de 2019. Após discussão, foram decididas as prioridades de trabalho deste ano, nomeadamente: (1) Facilitar a deslocação dos visitantes na Grande Baía; (2) Reforçar a cooperação em termos de supervisão do mercado; (3) Reforçar a divulgação e promoção conjunta; (4) Apoiar a indústria a desenvolver mais produtos turísticos.

 

Macau participa activamente nos trabalhos relacionados com o desenvolvimento do turismo na Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau

Na reunião, o subdirector da DST, Cheng Wai Tong, fez uma intervenção sobre os trabalhos relevantes da DST na participação e promoção do desenvolvimento turístico da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau, em quatro áreas: (1) Promoção de itinerários turísticos multi-destinos e explorar em conjunto mercados turísticos internacionais; (2) Acelerar a integração com a indústria de turismo de Hengqin, discutir sobre o desenvolvimento do turismo das ilhas; (3) Aproveitar a oportunidade da abertura da Ponte Hong Kong-Zhuhai-Macau, co-organizar recursos turísticos da Grande Baía; (4) Optimizar continuamente a qualidade do turismo, em conformidade com a construção de uma base de educação e formação turística da Grande Baía.

 

Outros trabalhos concretos em curso e os que irão ser desenvolvidos incluem ainda: organizar várias visitas de familiarização “multi-destinos” na Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau; em Junho, convidar um artista de Singapura famoso na internet para visitar 11 cidades da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau, fazer reportagens e promoção através das redes sociais e, seguidamente, em Julho, as autoridades de turismo da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau deslocar-se-ão a Singapura para organizar actividades promocionais conjuntas “multi-destinos” na Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau; em Setembro, em conjunto com o Departamento de Cultura e Turismo de Guangdong e a Administração do Turismo de Hong Kong, realizar uma promoção turística de Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau em Los Angeles, nos Estados Unidos da América; criar expositores conjuntos em grandes feiras de turismo; bem como, realizar divulgações estratégicas através de plataforma de cooperação das cidades da Grande Baía.

 

A Federação Turística da Região Metropolitana da Grande Baía de Guangdong-Hong Kong-Macau foi criada em Dezembro de 2017. Em Abril do ano passado realizou-se em Guangzhou a Primeira Reunião Geral de Membros, em que todos os membros participaram activamente nos trabalhos, empenhando-se em promover o desenvolvimento do turismo da Grande Baía de Guangdong-Hong Kong-Macau. A DST participará e acompanhará activamente os trabalhos da Federação, nos termos do Regulamento e Acordo da Federação Turística da Região Metropolitana da Grande Baía de Guangdong-Hong Kong-Macau, com base no conceito de “Cooperação e desenvolvimento, criação de marca em conjunto e partilha de mercados”, reforçando a cooperação com os restantes membros, e construindo em conjunto destinos turísticos de nível mundial.

Actualizada: 12/06/2019