Home | | Opiniões ou Questões | Contacte-nos | Intranet | Email Login
Font size A | A | A

 Nota de Imprensa Imprimir



2019 -11 -21 [Voltar]
DST e GPDP co-organizam seminário para aumentar a consciência da indústria sobre a protecção de dados pessoais


DST e Gabinete para a Protecção de Dados Pessoais co-organizam seminário

DST e Gabinete para a Protecção de Dados Pessoais co-organizam seminário

Directora da DST, Maria Helena de Senna Fernandes, subdirector da DST, Cheng Wai Tong, e coordenador-adjunto do GPDP, Iao Hin Chit, com representantes da indústria

Seminário temático atrai grande número de operadores da indústria

A Direcção dos Serviços de Turismo (DST) e o Gabinete para a Protecção de Dados Pessoais (GPDP) co-organizaram um seminário sobre a Lei da Protecção de Dados Pessoais, com a finalidade de divulgar o conteúdo do diploma, procurando simultaneamente aumentar a consciência dos operadores da indústria turística para a necessidade de adoptar medidas efectivas de prevenção, valorizando e tendo em atenção a garantia dos direitos dos residentes e visitantes quando lidam com os seus dados pessoais.

 

O seminário temático teve lugar hoje (dia 21) no World Trade Centre de Macau. A iniciativa contou com a participação da directora da DST, Maria Helena de Senna Fernandes, do subdirector da DST, Cheng Wai Tong, do coordenador-adjunto do GPDP, Iao Hin Chit, da chefe do Departamento de Formação e Controlo da Qualidade da DST, Doris Leong, e representantes da indústria. Os principais destinatários do seminário foram profissionais do sector hoteleiro, restauração, venda a retalho, agências de viagens, guias turísticos detentores de licença, entre outros operadores turísticos, com o evento a atrair a adesão de mais de 300 participantes.

 

Durante o seminário, a directora da DST referiu que a prevalência dum consenso na indústria sobre a garantia da protecção de dados pessoais é uma parte relevante na promoção do turismo de qualidade. Através deste seminário, pretende-se incentivar e promover entre a indústria a integração da consciência sobre a protecção de dados pessoais na cultura do trabalho diário, para continuar a melhorar qualidade dos serviços, consolidando a imagem de Macau como cidade internacional de turismo, e enquanto cidade ideal para residentes e visitantes.

 

No seminário, a chefe funcional do GPDP, Chong Sut I, apresentou as disposições do articulado da Lei da Protecção de Dados Pessoais, incluindo o âmbito da sua aplicação, definições básicas, direitos dos titulares dos dados pessoais, tratamento correcto dos dados pessoais e responsabilidades legais, entre outros, permitindo que os participantes conheçam o regime jurídico vigente em Macau nesta área e adquiram conhecimentos sobre a protecção e tratamento adequado dos dados pessoais. A oradora destacou em especial possíveis questões e casos relacionados com dados pessoais com que os operadores turísticos se possam deparar no seu trabalho diário, gerando discussões e análises, e respondendo detalhadamente às perguntas colocadas pelos participantes sobre o tratamento e uso de dados pessoais, entre outras.

 

A DST empenha-se na organização de cursos, seminários e workshops de formação vocacionados para profissionais da indústria turística e sectores relacionados. As iniciativas pretendem encorajar e apoiar o reforço da formação, elevando a qualidade dos serviços turísticos a nível global e a eficácia de trabalho, em sintonia com o objectivo de transformar Macau num centro mundial de turismo e lazer. Este ano, até meados deste mês, a DST organizou um total de 40 cursos de formação, seminários e workshops incidindo sobre diferentes temas, destinados a profissionais de agências de viagens, guias turísticos, sector hoteleiro, de venda a retalho e restauração, que contaram com mais de 1.800 participantes.

Actualizada: 21/11/2019