Home | | Opiniões ou Questões | Contacte-nos | Intranet | Email Login
Font size A | A | A

 Nota de Imprensa Imprimir



2020 -09 -27 [Voltar]
Reunião anual de trabalho 2020 da “Comissão Conjunta de Trabalhos para Impulsionar a Construção de Macau num Centro Mundial de Turismo e Lazer” realiza-se em Pequim (Nota de imprensa do Gabinete do Secretário para os Assuntos Sociais e Cultura)


Vice-Ministro da Cultura e Turismo da China, Zhang Xu, fala na ocasião, na capacidade de convocador da Comissão Conjunta

Secretária para os Assuntos Sociais e Cultura, Ao Ieong U, discursa na reunião, na qualidade de convocadora da Comissão Conjunta

Reunião de 2020 da Comissão Conjunta de Trabalhos de Turismo realizada em Pequim

Dirigentes do Interior da China e Macau, entre outros representantes, participam na reunião anual de trabalho

A reunião anual de trabalho 2020 da “Comissão Conjunta de Trabalhos para Impulsionar a Construção de Macau num Centro Mundial de Turismo e Lazer” decorreu hoje (dia 27), em Pequim. Dirigentes e representantes do Ministério da Cultura e Turismo da China, da Secretaria para os Assuntos Sociais e Cultura do Governo da Região Administrativa Especial de Macau (RAEM), do Gabinete de Ligação do Governo Central na RAEM, entre outros, participaram na reunião de trabalho, que se centrou na abordagem e debate de vários temas. Este ano, foram acrescentadas ao programa da reunião as medidas de prevenção e controlo da pandemia, bem como as actividades de recuperação para as áreas da cultura e turismo, entre outros.

 

Na reunião, considerou-se que, apesar deste ano ter sido afectado pela pandemia do novo tipo de coronavírus, após exame da situação epidemiológica, as partes membro da comissão retomaram gradualmente as respectivas actividades. Através de vários canais on-line e off-line, promoveram de forma pragmática as diversas tarefas da comissão, esforçando-se por obter os melhores resultados.

 

Os dois convocadores da Comissão Conjunta, designadamente o Vice-Ministro da Cultura e Turismo da China, Zhang Xu, e a Secretária para os Assuntos Sociais e Cultura (SASC), Ao Ieong U, proferiram discursos na reunião anual.

 

Zhang Xu referiu que, a reunião decorre no contexto da normalização das medidas de prevenção e controlo da pandemia, e é de grande importância para a coordenação e promoção do reinício do trabalho e da produção das indústrias culturais e turísticas no Interior da China e em Macau, e para impulsionar a construção de “um centro” e “uma base” de Macau. Espera-se que, sob a coordenação da Comissão Conjunta, todas as entidades unam esforços para apoiar a recuperação e o desenvolvimento das indústrias cultural e turística após a pandemia, buscar oportunidades na crise, orientar e estimular as indústrias cultural e turística a desenvolver novos produtos, explorar novos modelos e liderar um desenvolvimento de elevada qualidade da cultura e do turismo, em articulação com o 14.º Plano Quinquenal e a construção da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau, e em apoio à integração de Macau na grande conjuntura de desenvolvimento do País.

 

Ao Ieong U agradeceu ao Ministério da Cultura e Turismo por impulsionar continuamente o apoio das autoridades relevantes do Interior da China ao posicionamento do desenvolvimento de Macau como um centro mundial de turismo e lazer. Através do papel desempenhado pelo mecanismo da Comissão Conjunta, várias trabalhos foram implementados, facilitando a integração de Macau na grande conjuntura de desenvolvimento do País. O Governo da RAEM está a preparar activamente a criação duma comissão para construir uma base de intercâmbio e cooperação cultural alicerçada na coexistência multicultural, tendo a cultura chinesa como predominante, e para promover a construção de “uma base” a partir do mais alto nível do Governo da RAEM; ao mesmo tempo continuar-se-á a reforçar o intercâmbio e a cooperação cultural e turística entre o Interior da China e Macau, para ajudar a recuperação do desenvolvimento da cultura e do turismo de Macau após a pandemia. A Secretária mostrou-se ainda confiante de que Macau irá ultrapassar as dificuldades e que após a pandemia, as indústrias da cultura e do turismo terão novo ímpeto para prosseguir com um desenvolvimento integrado, contribuindo para a retoma global da economia da cidade.

 

Na reunião foi apresentado um balanço da realização dos trabalhos previstos na Comissão Conjunta para 2019-2020, e sobre a situação de desenvolvimento da cultura e do turismo no Interior da China. A reunião incluiu vários temas em discussão, nomeadamente: apoiar a integração de Macau na grande conjuntura de desenvolvimento do País, impulsionar a construção de Macau num centro mundial de turismo e lazer, criar uma base de intercâmbio e cooperação caracterizada pela predominância da cultura chinesa e pela coexistência de culturas, apoiar a construção da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau, aprofundar a cooperação entre o Interior da China e Macau no âmbito do turismo e da cultura, entre outros.

 

As discussões abrangeram: a implementação das medidas regulares adoptadas na prevenção e controlo da pandemia em Macau, estudando a recuperação gradual das actividades turísticas do Interior da China e de Macau; a retoma do funcionamento das indústrias culturais e turísticas de Macau e medidas para acelerar a revitalização económica; promoção da implementação das medidas relacionadas com a cultura e o turismo no âmbito do CEPA; construção de uma marca de relevo de feiras de cultura e turismo de Macau, reforço na cooperação entre as plataformas de exposições do Interior da China e de Macau; promoção da cooperação e intercâmbio cultural e artístico, desenvolvimento e promoção em conjunto de itinerários turísticos multidestinos da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau; impulsionamento dos trabalhos de organização e implementação do “Plano de Desenvolvimento Cultural e Turístico da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau”; concretização do “Plano Geral de Cooperação Aprofundada entre Guangdong e Macau na Ilha de Hengqin”, e da construção da Ilha Internacional de Turismo e Lazer de Hengqin, entre outros.

 

Na reunião foi também abordada a construção de uma base de ensino e formação em turismo na Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau; o aprofundamento do intercâmbio e cooperação turística entre o Interior da China e Macau, aproveitando as instituições no exterior de ambos os lados para reforçar a promoção conjunta de mercados, criar itinerários turísticos “multi-destinos” e produtos turísticos de qualidade internacional; o aperfeiçoamento do mecanismo de cooperação no âmbito duma fiscalização integrada de execução da lei no mercado; e a elevação da eficácia do intercâmbio entre os jovens do Interior da China e de Macau, entre outros.


Outros dirigentes e convidados participantes na reunião, do Ministério da Cultura e Turismo da China e de outras entidades do Interior da China incluíram: responsáveis e representantes do Gabinete para o Intercâmbio e Cooperação Internacional (Assuntos de Hong Kong, Macau e Taiwan) , dos departamentos de Assuntos de Política e Regulamentação, de Assuntos de Artes, de Assuntos de Educação Tecnológica, de Assuntos de Património Cultural Intangível, de Assuntos de Desenvolvimento de Recursos, de Assuntos de Supervisão de Mercado, do Gabinete de Administração do Mercado Cultural, do Departamento de Desenvolvimento Industrial, do Museu do Palácio, do Centro de Administração do Fundo Nacional das Artes, do Gabinete de Ligação do Governo Popular Central na Região Administrativa Especial de Macau, do Departamento de Cultura e Turismo de Guangdong, e Governo de Zhuhai, entre outros. Do lado de Macau, estiveram presentes: a Chefe do Gabinete da SASC, Ho Ioc San, a Directora da Direcção dos Serviços de Turismo, Maria Helena de Senna Fernandes, a Presidente do Instituto Cultural, Mok Ian Ian, o Director da Direcção dos Serviços de Educação e Juventude, Lou Pak Sang, a Presidente do Instituto de Formação Turística de Macau, Fanny Vong, a assessora do Gabinete da SASC, Stella Leong, entre outros.

Actualizada: 27/09/2020