Home | | Opiniões ou Questões | Contacte-nos | Intranet | Email Login
Font size A | A | A

 Nota de Imprensa Imprimir



2019 -11 -05 [Voltar]
4.° Festival Internacional de Cinema e Cerimónia de Entrega de Prémios.Macau entra em contagem decrescente para começar dentro de um mês - Embaixadora-estrela Carina Lau participa em conferência de imprensa do evento (Fonte: Comissão Organizadora do Festival Internacional de Cinema e Cerimónia de Entrega de Prémios.Macau)


Presidente da Comissão Organizadora do IFFAM, Maria Helena de Senna Fernandes, discursa na ocasião

Director artístico do IFFAM, Mike Goodridge, apresenta o programa do IFFAM

Vice-presidente executivo da Comissão Organizadora do IFFAM, Alvin Chau, entrega lembrança à embaixadora-estrela do IFFAM, Carina Lau

Realização da conferência de imprensa

A organização do 4.° Festival Internacional de Cinema e Cerimónia de Entrega de Prémios.Macau (International Film Festival & Awards.Macao - IFFAM), que terá lugar entre os dias 5 e 10 de Dezembro deste ano, divulgou hoje (dia 5) em conferência de imprensa a lista de cerca de 50 filmes chineses e do resto do mundo, incluindo das secções de “Competição Internacional”, “Apresentações Especiais para o 20.° Aniversário da RAEM”, entre outras, que integram o programa do festival deste ano. A embaixadora-estrela, Carina Lau, deslocou-se a Macau para comparecer no encontro com a imprensa e reforçar divulgação do evento.

 

O encontro com a imprensa contou com a presença da directora da Direcção dos Serviços de Turismo (DST) e presidente da Comissão Organizadora do IFFAM, Maria Helena de Senna Fernandes, do director artístico do IFFAM, Mike Goodridge, do vice-presidente executivo da Comissão Organizadora do IFFAM e presidente da Associação de Cultura e Produções de Filmes e Televisão de Macau, Alvin Chau, entre outros. Num discurso na ocasião, a presidente da Comissão Organizadora do IFFAM, Maria Helena de Senna Fernandes, referiu: “A Comissão Organizadora do IFFAM deste ano continuará a promover activamente o desenvolvimento da indústria cinematográfica e das indústrias culturais e criativas de Macau, a criar mais oportunidades de intercâmbio para filmes internacionais, e a expandir o espaço para o desenvolvimento de plataformas culturais e artísticas, turísticas e de outras áreas. Mediante a experiência acumulada nas últimas três edições, a Comissão Organizadora pretende tornar gradualmente o festival de cinema num grande evento com um posicionamento próprio, um perfil distinto, detentor de características de Macau. A equipa do IFFAM tem envidado todos os esforços na execução dos trabalhos neste sentido. Em termos de seleção de filmes, dois dos filmes exibidos nos dois últimos festivais ganharam o Óscar de Melhor Filme em 2018 e 2019, respectivamente. A Comissão Organizadora do IFFAM espera que a escolha de filmes de alta qualidade chineses e de outras partes do mundo permita promover junto do público de Macau uma maior apreciação de filmes mundiais.”


Na ocasião, o director artístico do IFFAM, Mike Goodridge, disse: “Estou muito feliz pela forma como o nosso programa se compôs este ano e estou ansioso para que o público de Macau desfrute dos muitos prazeres cinematográficos que vamos oferecer. Desde o nosso encantador filme de abertura, Jojo Rabbit, à nossa maravilhosa Competição Internacional e à nossa nova secção de competição expandida, o Novo Cinema Chinês, temos um tesouro repleto de filmes para oferecer. A nossa equipa de programação trabalhou o ano todo sem parar para seleccionar estes nomes e os cerca de 50 filmes que vamos mostrar, que trarão uma série de cineastas e convidados especiais para os apresentar. Estou particularmente satisfeito por haver cinco novos filmes de Macau no programa do festival para este ano de aniversário especial.”

 

Filme de abertura venceu o Prémio do Público no Festival Internacional de Cinema de Toronto

Jojo Rabbit é uma comédia de humor negro passada na Segunda Guerra Mundial, que conta os conflitos que um rapaz alemão (interpretado por Roman Griffin Davis) enfrenta nos tempos turbulentos dessa época. Contado do ponto de vista de uma criança, o filme transforma um assunto sério e sensível numa comédia satírica por meio de uma abordagem divertida e descontraída. O filme foi dirigido por Taika Waititi, realizador de “Thor: Ragnarok, What We Do in the Shadows” e “Hunt for The Wilderpeople”, e a história é adaptada do romance “Caging Skies”, de Christine Leunens.

 

Júri da Competição Internacional reúne personalidades de destaque da indústria cinematográfica

O júri da secção de Competição Internacional do IFFAM deste ano tem um forte alinhamento. Presidido pelo realizador, produtor e argumentista, Peter Chan Ho-sun, que desde a década de 90 dirigiu diversos filmes de destaque e ganhou vários prémios de cinema; o júri é composto por Ellen Eliasoph, que trabalha na indústria cinematográfica chinesa há mais de 20 anos e foi produtora de inúmeros filmes chineses, incluindo "Shadow", dirigido pelo realizador mundialmente famoso Zhang Yimou; a actriz da Indonésia, Dian Sastrowardoyo, que ganhou o prémio de Melhor Actriz no Festival de Cinema Asiático de Deauville, em França; o realizador do Myanmar Midi Z, cuja obra mais recente, “Nona Wu”, foi escolhida para o Festival de Cannes; e o actor britânico de formação dramática Tom Cullen, várias vezes reconhecido pela sua actuação, vencedor do British Independent Film Award e do Screen Actors Guild Award, no Festival de Cinema de Nashville.

 

Forte composição do júri do Novo Cinema Chinês

O júri do Novo Cinema Chinês é presidido pelo realizador romeno, Cristian Mungiu, e inclui outros quatro membros: a realizadora e argumentista de Singapura, Kristen Tan, o produtor canadiano e antigo director executivo da Sociedade de Cinema de São Francisco, Noah Cowan, a directora artística do Festival de Cinema de Londres, Tricia Tuttle, e o realizador, argumentista e director de fotografia chinês, Qiu Yang.

 

Chuva de filmes notáveis para atrair o público
O IFFAM deste ano apresentará cerca de 50 longas e curtas metragens chinesas e de outras partes do mundo, que serão exibidas ao público: na abertura, no encerramento, nas três secções de competição - Competição Internacional, Novo Cinema Chinês e Competição de Curtas -, e nas seis secções fora de competição - Panorama do Mundo, Adagas Voadoras, Gala, Apresentações Especiais, Apresentações Especiais para o 20.° Aniversário da RAEM, e Escolha do Realizador.

 

Os 10 filmes finalistas da Competição Internacional são: “Bellbird” (Nova Zelândia), "Bombay Rose” (Índia/ França/Reino Unido/Qatar), “Buoyancy” (Austrália), "Family Members" (Argentina), "Give Me Liberty” (EUA), "Goldie” (EUA/França), "Homecoming" (Indonésia), “Lynn + Lucy” (Reino Unido/França), “Two of Us” (França/Bélgica/ Holanda/Luxemburgo) e “Two/One” (Reino Unido/Interior da China/Canadá).

 

Por outro lado, a outra secção de competição do festival, o Novo Cinema Chinês, incluirá as seguintes obras finalistas: “Better Days” (Interior da China), “Dwelling in the Fuchun Mountains” (Interior da China), “Lucky Grandma” (EUA), “To Live to Sing” (Interior da China /França), “Wet Season” (Singapura) e “Wisdom Tooth” (Interior da China).

 

“Apresentações Especiais para o 20.° Aniversário da RAEM”destaca filmes de Macau

Em celebração do 20.º Aniversário do Estabelecimento da Região Administrativa Especial de Macau, esta edição do IFFAM contará com “Apresentações Especiais para o 20.° Aniversário da RAEM”. Esta secção apresentará uma série de produções cinematográficas de Macau que serão exibidas fora de competição, incluindo: “Ina and The Blue Tiger Sauna”, “Let's Sing”, “Pátio da Ilusão”, “String Of Sorrow” e “Years of Macao”, levando obras cinematográficas locais de destaque à ribalta internacional, mostrando a diversidade do desenvolvimento das indústrias culturais e criativas de Macau, e prestando simultaneamente homenagem à indústria cinematográfica da cidade.

 

Por outro lado, a secção de Apresentações Especiais incluirá “A City Called Macau”, dirigida por Li Shao Hong, que tem Macau como pano de fundo da história.

 

Equipa de profissionais internacionais
A equipa de profissionais internacionais do IFFAM é composta por um grupo de consultores internacionais, um grupo de consultores para escolha de filmes, embaixadores, embaixadores-estrela do IFFAM, entre outros. Os membros nucleares da equipa são: o director artístico do IFFAM, Mike Goodridge, a chefe de gestão do IFFAM, Lorna Tee, e a chefe da Indústria do IFFAM, June Wu. Os membros do grupo de consultores internacionais são: Anupama Chopra (Índia), Luís Urbano (Portugal), Michael J. Werner (EUA), Oh Jung-wan (Coreia), Peter Loehr (EUA), Philippe Carcassonne (França), Shen Yang (Interior da China) e Wang Ye (Interior da China). O grupo de consultores para escolha de filmes é formado por: Fionnuala Halligan, Giovanna Fulvi, Hiromi Aihara, Maxine Leonard e Violeta Bava. Karan Johar (Índia), Kim Yong-Hwa (Coreia) e Wang Xiaoshuai (Interior da China) são os embaixadores do festival deste ano; e a célebre actriz de cinema chinês, Carina Lau, e o popular ídolo coreano Kim Junmyeon (Suho) são os embaixadores-estrela.

 

Esperados cerca de 450 profissionais da indústria cinematográfica e comunicação social
O Intercâmbio para a Indústria Cinematográfica será realizado entre os dias 6 e 8 de Dezembro, no Centro Cultural de Macau, para o qual a organização irá convidar mais de 200 profissionais de cinema oriundos de 28 países e regiões, para permitir aos profissionais da indústria a realização de troca de ideias e contactos, e a criação de oportunidades de negócios. Uma das principais iniciativas do festival de cinema, o Mercado de Projectos do IFFAM, reúne 14 projectos de filmes para serem apresentados a investidores. As apresentações de Trabalhos-em-Curso deste ano, apoiarão uma vez mais os realizadores de projectos em fase de conclusão ou já concluídos a serem divulgados publicamente, e participar em reuniões de parceria (MatchMaking), apoiando a produção de projectos, com o intuito de os ajudar a encontrar oportunidades de cooperação ao nível do financiamento para terminar as filmagens, para a fase de pós-produção, distribuição, exibições em festivais, entre outras.

 

Este ano, é aguardada a participação de 250 órgãos de comunicação social oriundos de 28 países e regiões, com a Comissão Organizadora a pretender continuar a expandir a cobertura do festival de cinema através dos meios de comunicação social tradicionais e redes sociais.

 

Um dos projectos seleccionados no Mercado de Projectos do IFFAM em 2016, “The Long Walk”, que participou na iniciativa das apresentações de Trabalhos-em-Curso adicionada no ano passado e que entretanto concluiu as filmagens será exibido no programa fora de competição do Panorama do Mundo do IFFAM deste ano, para mostrar ao público a eficaz plataforma fornecida pelo programa do Intercâmbio para a Indústria Cinematográfica para os profissionais da indústria cinematográfica e as vantagens oferecidas pelo Festival de Cinema.

 

Venda de bilhetes começa amanhã
Os filmes do programa deste ano do festival serão exibidos no Centro Cultural de Macau, na Torre de Macau, na Cinemateca • Paixão e no Edifício do Antigo Tribunal de Macau. Os residentes e visitantes interessados podem comprar bilhetes na página electrónica www.macauticket.com, a partir de meio dia de 6 de Novembro, e também durante o festival, nos vários locais de exibição dos filmes.

 

Mais detalhes sobre o 4.° IFFAM em: http://www.iffamacao.com/

Actualizada: 05/11/2019