Home | | Opiniões ou Questões | Contacte-nos | Intranet | Email Login
Font size A | A | A

 Nota de Imprensa Imprimir



2020 -06 -18 [Voltar]
Macau volta a juntar-se à divulgação do Dia da Gastronomia Sustentável – Produz vídeo para promover a transmissão da cultura gastronómica


DST produz vídeo para apresentar técnicas culinárias macaenses

Macau volta a juntar-se ao resto do mundo para assinalar o Dia da Gastronomia Sustentável, com a produção de um vídeo para transmitir a cultura, receitas e técnicas culinárias únicas de Macau. Com a participação Macau pretende reforçar o seu papel como Cidade Criativa da UNESCO em Gastronomia e promover a transmissão da cultura gastronómica, contribuindo para o desenvolvimento sustentável da indústria turística de Macau e do mundo, apoiando em simultâneo a implementação no turismo da Agenda 2030 da ONU para o Desenvolvimento Sustentável.

 

Este ano, a Direcção dos Serviços de Turismo (DST), em cooperação com a plataforma gastronómica de Macau “Plataforma de Sabores”, convidou duas individualidades macaenses e um chefe local para mostrar em vídeo o contexto cultural e as receitas da cozinha macaense. No vídeo são apresentadas técnicas de confeção de dois pratos principais e de uma sobremesa. O vídeo é transmitido na página electrónica da DST, na página electrónica da gastronomia de Macau (www.gastronomy.gov.mo) e em plataformas de redes sociais, incluindo o Facebook, WeChat e Youtube, bem como nos écrãs electrónicos dos balcões das Informações Turísticas da DST, entre outros meios.

 

A gastronomia macaense, inscrita na Lista do Património Cultural Intangível de Macau em 2012, é uma cultura gastronómica baseada no método de preparação dos alimentos da culinária portuguesa, integrando ingredientes e métodos culinários de África, Índia, Malásia e também locais chineses. Através da combinação dos méritos da culinária de cada região, esta gastronomia local desenvolveu-se de forma única, aperfeiçoando-se ao longo dos séculos.

 

No plano de trabalho de quatro anos de Macau como Cidade Criativa de Gastronomia, no que diz respeito à formação e transmissão, o Governo da Região Administrativa Especial de Macau continua a impulsionar os trabalhos para a criação de uma base de dados sobre pratos de comida macaense, para preservar a história, receitas e técnicas culinárias, para que o legado de mais de 400 anos desta culinária única de Macau seja mantido e divulgado. Através da cooperação com serviços e associações relacionadas, a DST está a concluir os trabalhos de recolha e tratamento de material para a base de dados sobre a gastronomia macaense de Macau, e para a criação de uma sala temática para promover a herança e a divulgação desta cultura gastronómica, ambos para lançamento ao público no final deste ano.

 

No seguimento da designação como membro da Rede de Cidades Criativas da UNESCO na área da gastronomia a 31 de Outubro de 2017, Macau juntou-se a partir do ano seguinte, em 2018, às actividades de divulgação do Dia da Gastronomia Sustentável. A designação do dia 18 de Junho como o Dia da Gastronomia Sustentável foi deliberada pela Assembleia Geral das Nações Unidas em 2016. A decisão reconhece a gastronomia como uma expressão cultural relacionada com a diversidade natural e cultural do mundo. Ao mesmo tempo, reafirma que todas as culturas e civilizações são importantes contribuidoras para impulsionar o desenvolvimento sustentável. Mais informações disponíveis na página electrónica das Nações Unidas, em: https://www.un.org/en/observances/sustainable-gastronomy-day

Actualizada: 18/06/2020