Home | | Opiniões ou Questões | Contacte-nos | Intranet | Email Login
Font size A | A | A

 Nota de Imprensa Imprimir



2020 -09 -17 [Voltar]
“Festival de Luz de Macau 2020 – Carnaval de Luz” com abertura colorida em Setembro e grande espectáculo de vídeo mapping pela primeira vez na Praça do Tap Seac


Conferência de imprensa do “Festival de Luz de Macau 2020 – Carnaval de Luz”

Directora da DST apresenta programa do Festival de Luz de Macau

Convidados visitam a instalação de luz “Sinfonia na Feira do Carmo”

Cartaz do “Festival de Luz de Macau 2020 – Carnaval de Luz”

Página electrónica do “Festival de Luz de Macau 2020 – Carnaval de Luz”

Simulação do espectáculo de vídeo mapping na Praça do Tap Seac produzida por uma equipa local

Impressão da instalação luminosa “Circo”

O “Festival de Luz de Macau 2020 – Carnaval de Luz” irá iluminar Macau de 26 de Setembro a 31 de Outubro. Quatro roteiros principais vão ligar as freguesias de Macau e da Taipa, através de instalações luminosas, espectáculos de vídeo mapping e jogos interactivos, oferecendo aos residentes e visitantes uma visão colorida de Macau. Este ano, o grande espectáculo de vídeo mapping do 6.º Festival de Luz de Macau será apresentado pela primeira vez na Praça do Tap Seac, que contará como pano de fundo com a fachada dos quatro edifícios patrimoniais do local, em combinação com vídeo e música, para criar uma experiência única de vídeo mapping.

 

A Direcção dos Serviços de Turismo (DST), entidade organizadora do evento, apresentou hoje (dia 17) em conferência de imprensa o programa do festival; em conjunto com os co-organizadores do evento, o Instituto para os Assuntos Municipais (IAM), o Instituto Cultural (IC), o Instituto do Desporto (ID) e a Direcção dos Serviços de Economia (DSE), e as entidades apoiantes, a Federação da Indústria e Comércio de Macau Centro e Sul Distritos, a Associação Industrial e Comercial da Zona Norte de Macau, e a Federação Industrial e Comercial das Ilhas de Macau.

 

No encontro com os órgãos de comunicação social esteve presente a directora da DST, Maria Helena de Senna Fernandes, a presidente do IC, Mok Ian Ian, o subdirector da DST, Cheng Wai Tong, a subdirectora substituta da DST, Jennifer Si Tou, a chefe do Departamento dos Assuntos Culturais e Recreativos e de Educação Cívica do IAM, Patsy Ko Pui San, o chefe do Departamento de Administração de Instalações Desportivas do ID, Ho Wa, entre outros convidados.

 

Num discurso na ocasião, Maria Helena de Senna Fernandes, referiu que a DST tem vindo a aperfeiçoar o conteúdo do programa desde a primeira edição do Festival de Luz de Macau, trazendo sempre novidades aos residentes e visitantes. Devido à pandemia, este ano muitos dos eventos de grande escala foram cancelados ou adiados, mas com o atenuar gradual da situação, a DST reajustou o calendário do Festival de Luz, anualmente programado para ser realizado em Dezembro, para o final de Setembro, como um evento de aquecimento para receber visitantes. A directora da DST disse ainda que o Festival de Luz deste ano fará uma nova experiência. O local principal do espectáculo de vídeo mapping será na Praça do Tap Seac, dispondo a equipa local de mais espaço criativo para se apresentar. Em simultâneo, haverá várias actividades complementares na comunidade. Associações locais irão realizar actividades de iluminação para adicionar mais cor da comunidade ao festival, incentivando simultaneamente a participação activa dos comerciantes das zonas, e ajudando a impulsionar a economia da comunidade.

 

Quatro roteiros principais ligam Macau e Taipa – “Mak Mak” com novo estilo a circular pelos pontos de atracção

O Festival de Luz de Macau, que se realiza pelo sexto ano consecutivo, terá lugar entre 26 de Setembro e 31 de Outubro, das 19h00 às 22h00 (com o último espectáculo de vídeo mapping de cada noite a começar às 21h50). Este ano o festival tem como tema “Carnaval de Luz” e está dividido em quatro roteiros: “Circo”, “Túnel do Tempo”, “Reino dos Doces” e “Caixa de Música Luminosa”. As instalações luminosas e jogos interactivos estarão dispersados por 12 locais da cidade, com vários pontos para selfies e check-in nas redes sociais. A mascote do turismo de Macau, “Mak Mak”, irá vestir-se em vários estilos, como dónute, chocolate, entre outros, e circular pela cidade para celebrar o “Carnaval de Luz” com os residentes e visitantes.

 

  1. “Circo” na Freguesia de Nossa Senhora de Fátima: Liga a Zona de Lazer da Rua do General Ivens Ferraz, o Canídromo e o Jardim da Areia Preta. Uma grande tenda de 27 metros de comprimento será erguida na Zona de Lazer da Rua do General Ivens Ferraz, equipada com jogos interactivos de RA (Realidade Aumentada) e instalações luminosas com formas de animais, fazendo com que o público se sinta numa animada festa circense. O público pode tirar selfies no “Navio Pirata” e apreciar o “Espectáculo Circo” no Jardim da Areia Preta.
  2. “Túnel do Tempo” nas Freguesias de São Lázaro e Santo António: Corredor de tempo e espaço que liga a Praça do Tap Seac, a Calçada do Amparo, o Pátio de Chôn Sau, a Rua de Nossa Senhora do Amparo, a Rua dos Ervanários e o Largo do Pagode do Bazar.
  3. “Reino dos Doces” nas zonas de Nam Van e Sai Van: “Argolas Coloridas”, “Bebidas Geladas”, entre outras atracções, serão instaladas no Centro Náutico do Lago Nam Van e no Anim’Arte Nam Van. Coloridas instalações luminosas de doces encherão as zonas com uma atmosfera estimulante.
  4. “Caixa de Música com Luz” na Freguesia de Nossa Senhora do Carmo, na Taipa: “Maravilhosa Escada do Coxo”, “Escada Musical”, entre outras instalações luminosas, e o espectáculo de vídeo mapping Piano Musical (“Boîte à Musique Piano”) na Cozinha Pinocchio, na Vila da Taipa, apresentará uma festa única de luz ao público.

 

Grande espectáculo de vídeo mapping a apresentar pela primeira vez na Praça do Tap Seac

O Festival de Luz de Macau deste ano contará com espectáculos de vídeo mapping em cinco pontos de atracção, sendo que o grande espectáculo de vídeo mapping será apresentado pela primeira vez na Praça do Tap Seac, subordinado ao tema “A Cor é ...”. Os quatro edifícios patrimoniais da praça - o Edifício do Instituto Cultural, o Centro de Saúde do Tap Seac, a Biblioteca Central de Macau e o Arquivo de Macau -, serão transformados num enorme pano de fundo para projecção, usando a luz como pincel para mostrar a utilização e interpretação das cores em obras de diferentes estilos artísticos.

 

Por outro lado, espectáculos de vídeo mapping serão novamente apresentados nas fachadas do Canídromo e da Cozinha Pinocchio, estabelecimento situado em frente ao Largo dos Bombeiros na Vila da Taipa. Também foram acrescentados dois pontos de exibição nas fachadas da Companhia de Produtos da China, no Largo do Pagode do Bazar, e da Biblioteca Infantil de Wong Ieng Kuan, no Jardim da Areia Preta, com o espectáculo na fachada da Companhia de Produtos da China a centrar-se em sentimentos por Macau, apresentando a cultura nostálgica da cidade.

 

Várias actividades de iluminação na comunidade adicionam cor ao festival

O Festival de Luz de Macau deste ano contará com várias actividades de iluminação na comunidade, entre as quais a Federação da Indústria e Comércio de Macau Centro e Sul Distritos, a Associação Industrial e Comercial da Zona Norte de Macau, e a Federação Industrial e Comercial das Ilhas de Macau irão realizar em conjunto as iniciativas: “Luz vivifica a Freguesia de Sé - Festival de Luz de Macau 2020”, “Perseguir a Luz na Freguesia de Nossa Senhora de Fátima - Festival de Luz de Macau 2020” e “Luz em Coloane na Freguesia de São Francisco Xavier - Festival de Luz de Macau 2020”. As actividades incluem, além de instalações luminosas, workshops, jogos interactivos e espectáculos, também haverá ofertas por tempo limitado e troca de lembranças durante o Festival de Luz.

 

Cerimónia de abertura no dia 26 de Setembro

A cerimónia de abertura do “Festival de Luz de Macau 2020” terá lugar na noite do dia 26 de Setembro, na Praça do Tap Seac, sendo bem-vinda a participação dos residentes e visitantes. Para mais informações sobre o “Festival de Luz de Macau 2020 - Carnaval de Luz”, seguir a página electrónica do “Festival de Luz de Macau 2020” da DST (mlf.macaotourism.gov.mo), e a conta da DST no WeChat (MGTOWeixin).

 

Com o Festival de Luz de Macau prestes a começar, a DST continuará a acompanhar de perto o desenvolvimento da pandemia da pneumonia causada pelo novo tipo de coronavírus, e organizará os espectáculos e actividades de acordo com as orientações divulgadas pelos Serviços de Saúde. Em caso de mau tempo, serão feitos os ajustamentos necessários na organização do evento.

Actualizada: 17/09/2020