Home | | Opiniões ou Questões | Contacte-nos | Intranet | Email Login
Font size A | A | A

 Nota de Imprensa Imprimir



2021 -03 -11 [Voltar]
Terminadas obras de remodelação, Museu do Grande Prémio de Macau com abertura condicionada este mês


Obras de expansão e remodelação do Museu do GPM estão concluídas

Modelo de mota desmontado

Objectos expostos contribuem para promover a difusão e herança cultural do GPM

Instalações nas salas de exposições estão basicamente concluídas

As obras de remodelação e expansão do Museu do Grande Prémio de Macau, sob a alçada da Direcção dos Serviços de Turismo (DST), foram concluídas, estando a abertura condicionada do museu agendada para este mês. Numa primeira fase, serão sucessivamente convidadas individualidades e organizações de diferentes sectores para visitas de familiarização, a fim de ouvir opiniões para aperfeiçoar o ambiente e a qualidade de serviços do museu. Em Abril, o museu começará também a abrir ao público, mediante sistema de marcação prévia, a fim de recolher opiniões dos residentes e visitantes, em preparação para a abertura oficial ao público. As informações sobre o sistema de marcação prévia para o público serão divulgadas posteriormente, convidando-se o público a acompanhar as informações mais recentes da DST.

 

Divisão por andares e zonas para melhorar a experiência da visita

O edifício remodelado do Museu do Grande Prémio de Macau foi ampliado para quatro pisos. A área total de superfície aumentou seis vezes em relação à do antigo museu, para cerca de 16.000 metros quadrados, com a finalidade de proporcionar aos visitantes conhecimento, entretenimento, lazer e aprendizagem, entre outros aspectos relacionados com o Grande Prémio de Macau (GPM). No rés-do-chão, encontra-se instalada uma zona dedicada ao piloto vencedor da primeira edição do GPM, um modelo do Circuito da Guia com tecnologia de projecção vídeo mapping a 3D, zona de registo de entrada, entre outras instalações. No primeiro andar, estão em destaque os primeiros tempos das corridas de Fórmula e de Fórmula 3 do GPM. O Grande Prémio de Motos de Macau é o foco no segundo andar, que inclui uma exposição dum modelo duma mota desmontada, experiência de corrida de motas em realidade virtual, entre outros. Na cave o destaque vai para a Taça GT Macau e a Corrida da Guia Macau. Actualmente, excepto alguns simuladores de corridas de carros e estátuas de cera de pilotos ainda a aguardarem pela normalização dos movimentos transfronteiriços para permitir que técnicos do exterior se desloquem a Macau para realizar as instalações e executar os trabalhos de acompanhamento necessários, os preparativos para a maior parte das instalações do museu já estão concluídos.

 

Obras de remodelação com certificação internacional

As obras de remodelação do Museu do GPM obtiveram a Certificação de Ouro para novas construções (na categoria de design e construção) da Liderança em Energia e Design Ambiental (Leadership in Energy and Environmental Design - LEED). Na fase de preparação do projecto, a DST fixou desde logo critérios para um desenvolvimento sustentável, exigindo ao empreiteiro, durante a execução das obras, que efectuasse uma boa gestão da qualidade do ar no local da obra e dos resíduos de construção. Em simultâneo, foi instalado um sistema de geração de energia solar na estrutura do edifício, e foram colocados, no terraço do museu, 446 painéis solar para recolha de energia, que depois será transformada em energia eléctrica para parte dos sistemas de ar condicionado e de aquecimento de água, a fim de promover o aproveitamento de recursos energéticos.

 

Reforçar a sinergia da marca “turismo + desporto”

Por outro lado, a remodelação do museu teve em atenção a criação dum ambiente inclusivo para indivíduos com deficiências, promovendo assim uma visita sem barreiras. Além de contar com elevadores, plataformas elevatórias e casas de banho sem barreiras com acessibilidade, inclui ainda faixas de alerta táctil e planta táctil do museu em todos os pisos. A bilheteira e o balcão de informações, a par com a sala polivalente do museu contam ainda com o sistema de bobina de indução na mesa, que serve de apoio na auscultação, entre outras instalações para criar um ambiente sem barreiras. Em colaboração com uma instituição do ensino superior de Macau foi criada uma área de exposição táctil do GPM livre de barreiras, com vista a aumentar o grau de participação das pessoas com necessidades especiais.

 

No Museu do GPM foram adicionados equipamentos de multimédia interactivos e exibição de cenários de corrida, reforçando a experiência de “educação e diversão”. A DST planeia realizar regularmente visitas guiadas para o público, exposições, workshops e outras actividades no museu para fortalecer a interacção com as escolas e as associações, reforçar a sinergia da imagem de marca “turismo + desporto” e promover a difusão e herança cultural do GPM.

 

O orçamento total do projecto do Museu do Grande Prémio de Macau foi de aproximadamente 479 milhões de patacas, abarcando sobretudo as obras de expansão e das várias instalações e equipamentos no interior do museu, incluindo instalações sem barreiras, jogos interactivos, equipamentos audiovisuais, sistemas de tecnologia de informação, carros de corrida e objectos relacionados para exposição, estátuas de cera de pilotos e serviços de apoio relacionados, como consultores de engenharia, taxas de supervisão, entre outras despesas.

 

Durante o período de funcionamento experimental do Museu do GPM, a DST empenhar-se-á em auscultar as opiniões dos diferentes sectores, para optimizar o plano de gestão e melhorar a experiência de visita. Informações actualizadas sobre o funcionamento experimental do Museu do GPM estarão disponíveis na Página Electrónica da Indústria Turística de Macau (http://industry.macaotourism.gov.mo).

Actualizada: 11/03/2021