Home | | Opiniões ou Questões | Contacte-nos | Intranet | Email Login
Font size A | A | A

 Nota de Imprensa Imprimir



2021 -07 -12 [Voltar]
9.ª Expo Internacional de Turismo (Indústria) de Macau termina com sucesso


Expo de Turismo com boa adesão do público

Expo de Turismo atrai visitantes ao recinto

“Pavilhão de Mak Mak” dedicado à mascote do turismo de Macau “Mak Mak”

Expo de Turismo exibiu com “Lojas com Características Próprias”

Visitantes da expo vêm produtos de países de língua portuguesa

Visitantes da expo procuraram informações sobre produtos turísticos na “Rua de Macau”

Demonstrações culinárias de Cidades Criativas da Gastronomia

“Pavilhão de Gastronomia” dá a provar ao público a diversidade de comidas e bebidas de Macau

Influenciadores digitais animaram vivos e vendas com “Transmissões ao vivo em nuvem”

Visitantes do certame conhecem destinos de outras partes do mundo através das “Promoções em nuvem”

Jogo interactivo no expositor da DST

Espectáculo mostra cultura chinesa e portuguesa característica de Macau

Sessão de leitura de Mak Mak atrai os mais pequenos

Vários destinos trouxeram exibições coloridas

9.ª Expo Internacional de Turismo (Indústria) de Macau termina com sucesso

 

A 9.ª Expo Internacional de Turismo (Indústria) de Macau encerrou ontem (domingo) com sucesso. Esta edição da Expo de Turismo, decorrida entre 9 e 11 de Julho, atraiu perto de 24.000 visitantes durante os três dias do certame. Durante a expo foi concretizada a assinatura de 39 acordos, realizadas 4.974 sessões de bolsas de contacto e conversações no recinto do certame, tendo os visionamentos acumulados das “Transmissões ao vivo em nuvem” atingido os 7.81 milhões.

 

Decorrida nos Halls A e B da Cotai Expo, no Venetian Macao, a Expo de Turismo deste ano atingiu uma área de 23.000 metros quadrados, contando com 708 stands, trazidos por 394 expositores de 38 países e regiões, incluindo 106 de Macau, 265 do Interior da China e da região de Taiwan, e 23 de empresas expositoras internacionais. O certame contou ainda com 339 compradores, incluindo 195 compradores convidados do Interior da China e 144 compradores online de várias partes do mundo.

 

A Expo de Turismo, este ano novamente realizada num formato híbrido online e presencial, integrou elementos de “turismo +”, e apresentou cinco pontos em destaque, para apoiar a promoção do intercâmbio e cooperação entre os operadores turísticos e sectores relacionados, e a exploração conjunta de oportunidades de negócio.

 

Série de iniciativas em nuvem melhoram eficácia

Um dos destaques desta edição da Expo de Turismo foi o reforço do sistema das iniciativas “Em nuvem”, na integração da exposição online com a física.

 

“Bolsas de contacto em nuvem”: passaram dos anteriores dois para 14 dias, tendo decorrido entre 28 de Junho e 11 de Julho, prestando apoio com sucesso a 52 expositores para contactos e negociações com 162 compradores, e para a realização de 412 sessões de bolsas de contacto; enquanto na exposição física tiveram lugar 4.974 sessões de bolsas de contacto e conversações, durante os dois dias de bolsas de contactos para profissionais.

 

“Assinatura de acordos em nuvem”/presenciais: durante a Expo de Turismo foi alcançada a assinatura de um total de 39 acordos online e offline, envolvendo 44 empresas. A cerimónia de assinatura dos acordos foi testemunhada pela subdirectora do Departamento para os Assuntos Económicos do Gabinete de Ligação do Governo Central na RAEM, Zhu Hong, a directora da Direcção dos Serviços de Turismo, Maria Helena de Senna Fernandes, e o Presidente da Associação das Agências de Viagens de Macau, Alex Lao, entre outros.

 

“Transmissões ao vivo em nuvem”: foram conduzidas por dois influenciadores digitais do Interior da China e seis de Macau, tendo sindo realizadas um total de 41 horas de apresentações em directo durante os três dias da Expo de Turismo, que contaram com a participação de 35 empresas expositoras com presença física na expo. Nos três dias do certame, foi atingido um número acumulado de 7.81 milhões de visionamentos, tendo o pico de visionamento das transmissões online em directo registado 123 mil pessoas.

 

“Promoções em nuvem”: contaram com a participação de 34 países e regiões. Durante os três dias do certame foram realizadas 21 promoções online, que atraíram a participação de 630 pessoas na exposição física. As “Promoções em nuvem” foram transmitidas simultaneamente em directo na página electrónica da Expo de Turismo.

 

Diversidade de destaques nas zonas de exposição

A Expo de Turismo apresentou várias zonas e stands em destaque, que exibiram a atracção da diversidade do “turismo +”.

 

Os expositores da “Rua de Macau” e do “Pavilhão de Cooperação de Itinerários Multi-destinos” promoveram com dinamismo produtos turísticos de Macau e produtos conjuntos da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau. Enquanto o pavilhão especial de grande dimensão da Associação de Hotéis de Macau, contou com a participação dum total de 53 hotéis e resorts membros, que divulgaram ao público os produtos e serviços dos estabelecimentos hoteleiros.

 

O “Pavilhão de Gastronomia” contou com a participação de 18 estabelecimentos de restauração de Macau, para dar a provar ao público a diversidade de comidas e bebidas de Macau, divulgando o cartão de visita de Macau como Cidade Criativa da UNESCO em Gastronomia. No pavilhão foi criada uma zona para “Demonstrações Culinárias de Cidades Criativas da Gastronomia”, onde dez chefes de renome de Chengdu, Shude, Yangzhou e Macau conduziram um total de 14 demonstrações culinárias durante os três dias da Expo de Turismo. O conteúdo das demonstrações incluiu a confecção de iguarias características, demonstração de técnicas de corte, apresentações gastronómicas, entre outros.

 

A zona de “Lojas Culturais e Criativas” teve em exposição e venda produtos de “turismo + indústrias culturais e criativas” de Macau, enquanto o “Pavilhão de Mak Mak” divulgou e vendeu produtos turísticos com o tema da mascote do turismo de Macau “Mak Mak”, numa mostra da atractividade das indústrias culturais e criativas da cidade.

 

Mediante a organização da Direcção dos Serviços de Economia e Desenvolvimento Tecnológico 20 “Lojas com Características Próprias” de Macau participaram na expo, incluindo estabelecimentos de comidas e bebidas, pastelaria, lembranças, venda a retalho, artesanato, entre outros, divulgando as características da cultura das zonas comunitárias de Macau.

 

Macau como plataforma entre a China e países de língua portuguesa

Uma “Sessão de Apresentação dos Produtos Turísticos dos Países de Língua Portuguesa” decorreu durante a expo, onde foram divulgados os recursos e produtos turísticos de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe, e Timor-Leste, para incremento do intercâmbio e cooperação entre a China e os países de língua portuguesa, tirando partido do papel de Macau como plataforma entre a China e os países de língua portuguesa.

 

Por outro lado, a Expo de Turismo foi palco de um total de 42 reuniões, seminários promocionais e fóruns presenciais.

 

Para mais informações sobre o certame consultar a página electrónica da Expo Internacional de Turismo (Indústria) de Macau (www.mitexpo.mo), e as contas oficiais no WeChat e no Facebook.

Actualizada: 12/07/2021