Home | | Opiniões ou Questões | Contacte-nos | Intranet | Email Login
Font size A | A | A

 Nota de Imprensa Imprimir



2021 -12 -11 [Voltar]
Macau repleta de eventos em Dezembro num convite para celebrar em conjunto a época festiva

Com Macau a apresentar sucessivamente no mês de Dezembro vários eventos festivos, registou-se ontem (dia 10) a entrada de mais de 30 mil visitantes. A Direcção dos Serviços de Turismo (DST) espera que a série de eventos, convenções e exposições, e actividades comunitárias agendados, possam atrair visitantes para Macau e, em simultâneo, dinamizar o consumo nos bairros comunitários por residentes e visitantes.

 

Na semana que acaba de passar (de 3 a 9 de Dezembro), o número de visitantes que chegaram a Macau registou um total de 167.486, com a média diária de visitantes a atingir os 23.927. No dia 10 de Dezembro (sexta-feira) Macau contou 31.186 entradas. A taxa média de ocupação dos estabelecimentos hoteleiros entre os dias 3 e 9 de Dezembro atingiu ainda os 56,7%, representando um aumento de 9,2 pontos percentuais, em comparação com a média em Novembro (47,5%).

 

O “Festival de Luz de Macau 2021 – Viajantes de Marte” e a “Gala de Drones Brilha sobre Macau” foram lançados no sábado passado (4 de Dezembro). No primeiro fim-de-semana perto de 20 mil pessoas participaram no Festival de Luz, e na primeira noite da Gala de Drones registou-se mais de 50 mil participantes. A “Gala de Drones Brilha sobre Macau” realiza-se na zona do Lago Nam Van, enquanto as instalações de luz, jogos interactivos e espectáculos de vídeo mapping do Festival de Luz iluminam 17 pontos em sete zonas: a Zona Nova de Aterros do Porto Exterior (NAPE), Zona de Nam Van, Zona Norte, Zona da Praia do Manduco, Zona do Centro, Taipa e Coloane.

 

Além de organizar grandes eventos, a DST também apoia activamente as actividades comunitárias, na expectativa de atrair mais residentes e visitantes a passear e a despender em diferentes bairros comunitários da cidade, enriquecendo a experiência turística e ajudando a aprofundar a integração intersectorial de “turismo + cultura e criatividade”, beneficiando ao mesmo tempo as lojas daquelas zonas e promovendo a economia nocturna e comunitária, para dinamizar a recuperação da indústria do turismo.

Actualizada: 11/12/2021