Home | | Opiniões ou Questões | Contacte-nos | Intranet | Email Login
Font size A | A | A

 Nota de Imprensa Imprimir



2006 -09 -17 [Voltar]
Grande cadeia de restaurantes dos EUA introduz comida macaense no menu


Representantes da DST, IFT e P.F após uma visita ao IFT
A cadeia norte-americana de restaurantes de comida chinesa P.F. Chang's China Bristo, que conta mais de 200 restaurantes abertos em 30 estados dos Estados Unidos, vai introduzir comida macaense nos seus menus no próximo ano.

Um grupo de chefes da P.F será enviado no início do próximo ano a Macau para aprender os segredos da cozinha macaense. Os pratos macaenses serão depois servidos em 150 dos restaurantes da cadeia durante seis meses, numa promoção a ter início em Setembro de 2007. Por essa altura, 16 milhões de pessoas nos Estados Unidos poderão provar a cozinha macaense.

Para lançar o novo projecto, cinco executivos da P.F. estão em Macau a realizar uma visita ao terreno. Nos últimos dias, a Direcção dos Serviços de Turismo (DST) acompanhou o grupo para apresentar a origem dos diferentes tipos de cozinha e vinhos que tornam famosa a cozinha do território. O grupo visitou restaurantes de comida macaense, portuguesa e chinesa, o Instituto de Formação Turística (IFT), mercados locais e procurou livros de cozinha macaense.

No decorrer da visita, o director de Operações Culinárias da P.F urgiu as pessoas de Macau a manterem viva a arte culinária única do território.

"A arquitectura poderá desaparecer um dia, mas a cultura gastronómica é eterna. É por isso que as pessoas deveriam manter viva a tradição", assinala Roberto de Angelis.

O Chefe Executivo de Cozinha do grupo, Bob Tam, justifica a aposta na cozinha macaense para o menu dos restaurantes da P.F., constituído em dois terços por pratos de cozinha cantonense.

"A cozinha macaense é mais única e específica, e é isso que nós queremos", assinala Tam, originário de Hong Kong.

Por seu lado, a Gestora de Bebidas da P.F. ficou maravilhada após uma visita a um fornecedor de vinhos portugueses.

"A maior parte dos nossos clientes encomendam vinho quando comem nos nossos restaurantes, e nós esperamos que possam vir também a saborear vários tipos de vinhos de Portugal", indica Mary Melton, que irá escolher vinhos portugueses para acompanhar o novo menu com pratos de Macau.