Home | | Opiniões ou Questões | Contacte-nos | Intranet | Email Login
Font size A | A | A

 Nota de Imprensa Imprimir



2006 -09 -28 [Voltar]
China e França encerram o Concurso Internacional do Fogo de Artifício de Macau



Equipas da China e França trabalham na barcaça o espectáculo pirotécnico de domingo
O Wynn Macau - 18º Concurso Internacional do Fogo de Artifício de Macau, um dos maiores eventos do género no mundo, fecha o pano no domingo à noite com uma exibição da França dedicada ao cinema, às 21:00, e um espectáculo da China, às 22:00, ao som de músicas de minorias chinesas.

Depois de terem perdido o primeiro lugar na edição do ano passado por uma diferença de apenas dois pontos, os franceses Brezac-Artifices ambicionam conquistar os júris com um espectáculo acompanhado de trechos de bandas sonoras de êxitos cinematográficos como o Titanic e o 007 James Bond. A equipa vem a Macau com a confiança redobrada, depois de ter conseguido este ano bons resultados nas edições de dois dos mais prestigiantes concursos mundiais pirotécnicos, Cannes (1º) e Montreal (2º).

"Como é a segunda vez que participamos na competição de Macau, este ano pudemos corrigir aquilo que falhou no ano passado, e estamos confiantes que o nosso espectáculo deverá tem mais impacto do que o de 2005", refere Dominique Brezac, filho do fundador da empresa, uma das principais produtoras de exibições pirotécnicas europeias.

Enquanto os franceses se esforçam por seduzir os júris, os chineses Liuyang City Hongji Fireworks já conquistaram à partida o coração do público. Os organizadores fizeram coincidir a actuação da equipa de Liuyang com o feriado do Dia Nacional da China. Em seu favor, os Liuyang City Hongji Fireworks têm também o facto de serem a equipa desta competição que trás a maior quantidade de fogo de artifício para pintar os céus de Macau.

"O feriado de 1 de Outubro é uma data muito especial para a China, para nós é uma grande honra poder actuar neste dia, e esperamos poder oferecer a Macau um bom momento de fogo de artifício", indica Tan Chuxiong, líder da equipa da Liuyang City Hongji Fireworks, empresa exportadora de fogo de artifício para todo mundo, sobretudo Europa e Estados Unidos.

A equipa chinesa vem da cidade-berço do fogo de artifício, Liuyang, da província de Hunan, que continua a ser hoje o grande centro de produção de fogo de artifício da China, maior país fabricante de pirotécnica do mundo. Em Dezembro do ano passado, a empresa estreou-se em Macau, com o espectáculo pirotécnico de comemoração do sexto aniversário do estabelecimento da RAEM.

Esta última noite do concurso será transmitida em directo pela Jiangsu Travel Radio, que conduzirá três horas de emissão, a partir da praça da Torre de Macau. O canal sedeado em Nanjing, vai realizar uma "Noite de Macau" para os ouvintes chineses, no âmbito do programa "Made in Hong Kong and Macau", a transmitir entre as 19:30 e as 22:30, de 1 de Outubro, em FM 107.9.

O nome dos vencedores do Wynn Macau - 18º Concurso Internacional do Fogo de Artifício de Macau, serão conhecidos domingo, após as últimas exibições e decisão final dos júris.