Home | | Opiniões ou Questões | Contacte-nos | Intranet | Email Login
Font size A | A | A

 Nota de Imprensa Imprimir



2007 -10 -08 [Voltar]
Visitantes aumentam quase 20 por cento durante a semana dourada
Dois terços dos visitantes oriundos do Interior da China

Macau recebeu 587,102 visitantes durante o feriado prolongado do 1o de Outubro, um aumento em 19.19 por cento em relação à "semana dourada" do ano passado pelo Dia Nacional da República Popular da China.

Entre o total de visitantes, 66 por cento, ou perto de 390 mil pessoas, vieram do Interior da China, mais 31.56 por cento do que em igual período em 2006, conforme os números da Polícia de Segurança Pública, referentes ao período entre 1 e 7 de Outubro.

Nesta época dourada para o turismo da cidade, a taxa média de ocupação hoteleira e tabela de preços também registaram uma subida.

De acordo com dados fornecidos pelos estabelecimentos hoteleiros, a taxa média de ocupação dos hotéis de três a cinco estrelas da cidade foi na ordem dos 85.31 por cento, um aumento de um ponto percentual em relação a igual período em 2006.

O preço médio por quarto praticado pelos hotéis de três a cinco estrelas foi de 1,032 patacas, uma subida em 27,88 por cento, em comparação com o período de 1 a 7 de Outubro do ano passado.

Por altura da "semana dourada" pelo 1 de Outubro, Macau totalizava 16,485 quartos de hotel disponíveis, entre os quais, 15,899 de hotéis de duas a cinco estrelas e 586 de pensões.

Durante esta altura de grande fluxo de turistas, a Direcção dos Serviços de Turismo (DST), em conjunto com a Administração do Turismo de Guangdong e a Administração do Turismo de Fujian, mantiveram activo um sistema de troca de informações turísticas, entre 26 de Setembro e 8 de Outubro.

Por outro lado, a DST apelou uma vez mais aos operadores turísticos locais para favorecerem o uso do posto fronteiriço da Ponte Flor de Lótus, no Cotai, como porta de entrada e saída de Macau. E incentivou as companhias de transporte público a enviarem mais veículos para as rotas com passagem nesta área.

Durante este pico de turismo, os inspectores da DST reforçarem a fiscalização nos pontos turísticos e postos fronteiriços da cidade. A linha directa para turistas e os balcões de informação turística da DST mantiveram-se em funcionamento nos dias de descanso. Em cooperação com vários departamentos do governo e operadores turísticos locais, a DST moveu esforços para garantir uma boa recepção dos visitantes nesta altura.