Home | | Opiniões ou Questões | Contacte-nos | Intranet | Email Login
Font size A | A | A

 Nota de Imprensa Imprimir



2004 -12 -27 [Voltar]
DST na Tailândia apoia residentes de Macau

A Direcção dos Serviços de Turismo acompanha com a maior atenção a situação no Sueste Asiático depois do maremoto provocado pelo tremor de terra ocorrido na Indonésia e, muito especialmente, a segurança dos residentes da RAEM em viagem nas zonas afectadas.

Por sua iniciativa, a DST entrou em contacto com as 115 agências de viagem de Macau, das quais 14 informaram que foram 92 os residentes locais que nelas compraram os seus "pacotes" ou os seus bilhetes de avião para a Tailândia (Banguecoque e Puket) e 4 para a Indonésia; 18 agências prometeram fornecer os seus dados muito em breve; as restantes 83 esclareceram que não tinham organizado quaisquer excursões ou vendido bilhetes para essas zonas. Neste momento, a DST procura informações sobre os turístas de Macau que trataram pessoalmente das suas viagens.

A DST desencadeou ontem, imediatamente, as acções que considerou oportunas, tendo designado dois funcionários para se deslocarem a Banguecoque para conhecerem melhor a situação real e darem apoio aos residentes de Macau em dificuldades. Entretanto, mantem-se em permanente contacto com as diversas agências de viagem e procura, de todas as formas, informações sobre o desenvolvimento da situação.

Esses funcionários, juntamente com representantes do Escritório da DST na Tailândia, vão ajudar a procurar e contactar os residentes de Macau que estiveram nas zonas afectadas, e darão o seu apoio ao fornecimento de documento de viagem e bilhetes de avião para o seu regresso a Macau.

Como as ligações entre Phuket e o exterior são ainda difíceis, a Pacific Asia Travel Association (PATA), com sede em Banguecoque, já enviou pessoal a Phuket, para melhor conhecer a situação dos residentes de Macau que se encontram naquela Ilha, (incluindo grupos turísticos e turistas individuais), assim como contactarem os representantes da DST em Banguecoque para lhes prestarem todo o apoio possível.

Para mais informações, ou pedidos de apoio, os residentes de Macau podem ligar para o telefone no. 315-566. Os residentes agora no exterior têm a possibilidade de contactar com os nossos representantes na Tailândia pelos telefones números (66-2) 255-5989 ou (66) 9685-8194. Além disso, o Governo da Tailândia já instalou para o efeito a seguinte linha aberta: Banguecoque (66-2) 253-7418 e Phuket (66-76) 391-596.

A DST continuará a acompanhar com a maior atenção o desenvolvimento da situação.