Home | | Opiniões ou Questões | Contacte-nos | Intranet | Email Login
Font size A | A | A

 Nota de Imprensa Imprimir



2004 -12 -31 [Voltar]
A DST apoia os familiares mais próximos dos residentes de Macau desaparecidos a efectuarem testes de

Na sequência do maremoto provocado pelo tremor de terra ocorrido na Indonésia e que afectou o sudeste asiático a Direcção dos Serviços de Turismo de Macau recebeu vários pedidos de informação e de ajuda de residentes de Macau.

A Direcção dos Serviços de Turismo de Macau recebeu, desde 17H00 de ontem (dia 30) até às 12H00 de hoje (31 de Dezembro), um total de 5 chamadas, através do número (853)315 566, das quais 2 pedidos de ajuda e 3 para fornecimento de dados.

Assim, desde o dia 27 do corrente mês até hoje ao meio dia, a DST recebeu um total de 65 chamadas, das quais 26 pedidos de ajuda, 21 para informações e 18 para fornecimento de dados à DST. Os pedidos de auxílio foram no sentido de encontrar familiares e amigos incontactáveis e que passavam férias nas zonas afectadas, como ainda transporte. A DST tomou imediatamente acções relacionadas com os respectivos casos.

O pessoal da DST e os voluntários que se encontram em Banguecoque e Phuket dirigiram aos hospitais de ambas as cidades, em procura dos residentes desaparecidos.

Relativamente às 10 pessoas que as agências de viagens não conseguiram localizar, os Serviços de Turismo continuaram a acompanhar a situação, tendo sindo informados que esse número baixou para um. Os restantes regressaram já ao Território. A DST continua em contacto com as agências na sua procura. Quanto aos 5 residentes de Macau desaparecidos indicados pelo Consulado de Portugal em Macau, estes estão ainda incontactáveis.

Entretanto, como as condições sanitárias nas zonas atingidas pelos tsunamis estão-se a agravar cada vez mais, os respectivos serviços do Território apelam aos familiares dos desaparecidos a não se deslocarem a Phuket. Para facilitar a verificação das vítimas, o Laboratório de Polícia Científica efectuará testes de genes "DNA" aos familiares e enviará o relatório para o local sinistrado.

Os Serviços de Turismo forneceram fotografias e identificação dos residentes de Macau dados como desaparecidos a todos hospitais de Banguecoque, ficando ainda disponibilizada essa informação em vários websites na internet.

Os Serviços de Turismo continuam a acompanhar de perto o desenrolar da situação.