Home | | Opiniões ou Questões | Contacte-nos | Intranet | Email Login
Font size A | A | A

 Nota de Imprensa Imprimir



2007 -08 -01 [Voltar]
Apresentação do 19o Concurso Internacional de Fogo de Artifício de Macau


Costa Antunes anuncia as novidades do concurso deste ano

Vencedor da edição do concurso de fotografia do ano passado

Vencedores do concurso de fotografia e desenho com os organizadores
A Direcção dos Serviços de Turismo (DST) apresentou hoje o programa do Wynn Macau - 19o Concurso Internacional de Fogo de Artifício de Macau, que vai pintar os céus de Macau em cinco noites de espectáculos piro-musicais entre 15 de Setembro e 1 de Outubro.

Organizado pela DST, o Concurso Internacional de Fogo de Artifício de Macau, um dos maiores eventos do género no mundo, conta pelo segundo ano consecutivo com o apoio da Wynn Macau, como patrocinador oficial do evento. O director da DST, João Manuel Costa Antunes, e o presidente da Wynn Macau, Ian Coughlan, assinaram hoje um acordo para formalizar o patrocínio do evento pela Wynn Macau.

"É com grande alegria que continuamos a contar com o apoio da Wynn Macau, como patrocinador oficial do 19o Concurso Internacional de Fogo de Artifício de Macau. Esta renovada cooperação com a Wynn Macau é demonstrativa da importância da participação activa das empresas de turismo para o fortalecimento do desenvolvimento da indústria turística de Macau," referiu Costa Antunes.

Em vésperas desta nova edição do Concurso Internacional de Fogo de Artifício de Macau, a DST, em conjunto com dois amantes da arte pirotécnica, Anita Fung Pou Chu e Lei Ip Fei, apresenta ao público o livro "A arte do fogo de artifício em Macau". Numa edição bilingue chinês-inglês, o livro recorda os dezoito anos de história do Concurso Internacional de Fogo de Artifício de Macau, o desenvolvimento da técnica do fogo de artifício e panchões, a arte e cultura do fogo de artifício, apreciação artística do fogo de artifício, entre outros.

Ao longo dos dezoito anos de história, o Concurso Internacional de Fogo de Artifício de Macau tem ganho reconhecimento a nível internacional, dado o nível das equipas participantes e dimensão do evento. Este ano, o concurso inclui uma vez mais dez equipas de grande qualidade. Pela ordem de exbição, actuam no dia 15 de Setembro (sábado) a equipa Kimbolton Fireworks Limited, do Reino Unido e a Hanwha Corporation, da Coreia do Sul. Seguem-se, no dia 22 de Setembro (sábado), a Five Star Fireworks, da Austrália e a San Tai Fireworks Ind. Co., Ltd, de Taiwan, China. No dia 25 de Setembro (terça-feira), feriado do Festival do Bolo Lunar, actua o Grupo Luso Pirotecnia, de Portugal e a Starmaker, Inc., das Filipinas. Dia 29 de Setembro (sábado), é a vez dos Illumination Internationale Ltd., dos Estados Unidos da América e dos Marutamaya Ogatsu Fireworks Co., Ltd., do Japão, mostrarem o seu talento. O concurso fecha o pano no dia 1 de Outubro (segunda-feira), feriado do Dia da Implantação da República Popular da China, com os Artifices JCO SA, de França e os Hunan Xintiancheng Fireworks Manufacturing Co., Ltd, do Continente chinês.

As equipas do Reino Unido e do Continente chinês participam no Concurso Internacional de Fogo de Artifício de Macau pela primeira vez. Outra estreia é a da concorrente francesa, conhecida por apresentar espectáculos de fogo de artifício no formato de uma história, sendo "O Principezinho" o seu trabalho mais representativo. A equipa de Taiwan,China, vencedora do concurso em 2003, é um dos participantes considerado com grande potencial para render o júri desta edição. Os representantes de Portugal, uma companhia que engloba cinco empresas espalhadas pelo país, algumas quase centenárias, venceram o concurso em Macau em 1996.

A sincronização musical com a coreografia pirotécnica é uma vez mais requisito obrigatório desta edição. Para acompanhar os espectáculos piro-musicais o público pode contar com um sistema de transmissão sonora na Praça ao Ar Livre da Torre de Macau, a par com colunas na baía da Rua da Torre de Macau e no largo em frente à Estátua da Deusa Kun Iam, na Av. Dr. Sun Yat Sen. Pela primeira vez este ano, a Rádio Macau (canal chinês), fará a transmissão em directo da música das exibições em FM 100.7.

Os organizadores atribuíram a cada equipa um subsídio de 17,500 dólares americanos para a produção de fogo de artifício. O vencedor receberá um prémio pecuniário de 6,000 dólares americanos, um troféu e certificado. Os segundos e terceiros classificados receberão, respectivamente, prémios de 3,200 e 1,800 dólares, acompanhados de troféus e certificados.

De cinco equipas aquando do seu início em 1989, o Concurso Internacional de Fogo de Artifício de Macau deu um passo em frente em 1995, e dobrou o número de concorrentes para dez. Com mais de cem participações, que fizeram desfilar pelos céus de Macau muitas das melhores companhias pirotécnicas do mundo, a DST tem procurado sempre elevar o nível do evento, transformando-o num dos maiores do género no mundo.

Todos os anos, as espectaculares exibições do Concurso Internacional de Fogo de Artifício de Macau atraem grande número de visitantes, beneficiando o turismo local. Para enriquecer a atmosfera festiva da ocasião, a DST, em conjunto com a União Geral das Associações dos Moradores de Macau, organizam uma vez mais este ano o Arraial do Fogo de Artifício, com as suas tendinhas de comes e bebes junto à Torre de Macau.

Os concursos de fotografia e desenho também têm edição renovada este ano. O Concurso Fotográfico do Wynn Macau - 19o Concurso Internacional de Fogo de Artifício de Macau, a par com a Competição de Desenho para Estudantes do Wynn Macau - 19o Concurso Internacional de Fogo de Artifício de Macau vão começar a aceitar inscrições em breve. Os vencedores dos dois concursos receberão prémios e troféus.

A cerimónia de entrega de prémios dos concursos de fotografia e desenho da edição do ano passado do Concurso Internacional de Fogo de Artifício de Macau decorreu hoje.

Mais informações e Resultados dos Concursos de Fotografia e de Desenho