Home | | Opiniões ou Questões | Contacte-nos | Intranet | Email Login
Font size A | A | A

  Imprimir



2016 -05 -23 [Voltar]
Consulta pública sobre o Plano Geral do Desenvolvimento da Indústria do Turismo de Macau – Dois meses para recolha de opiniões do público por diversos canais


DST apresenta os trabalhos sobre a consulta pública do Plano Geral do Desenvolvimento da Indústria do Turismo de Macau

Conferência de imprensa sobre a consulta pública do Plano Geral do Desenvolvimento da Indústria do Turismo de Macau

A Direcção dos Serviços de Turismo (DST) realiza, entre 23 de Maio e 22 de Julho, uma consulta pública sobre o Plano Geral do Desenvolvimento da Indústria do Turismo de Macau. Durante este período, será divulgado o documento de consulta e recolhidas opiniões do público através de vários canais e de diferentes formas.

Uma conferência de imprensa foi hoje (dia 23) realizada pela DST, no Centro de Actividades Turísticas, para apresentar a organização dos trabalhos e plano de divulgação da consulta pública sobre o Plano Geral do Desenvolvimento da Indústria do Turismo de Macau. A directora da DST, Maria Helena de Senna Fernandes, os subdirectores da DST, Cecilia Tse e Cheng Wai Tong, entre outros, estiveram presentes no encontro com a imprensa. 

Sessões de consulta pública e intercâmbio
O período para a consulta pública sobre o Plano Geral do Desenvolvimento da Indústria do Turismo de Macau é de dois meses. A DST irá organizar sessões de consulta pública e intercâmbio durante este período. As duas sessões de consulta pública terão lugar nos dias 28 de Maio e 11 de Junho, no 2.° andar do Centro de Actividades Turísticas, e as duas sessões de intercâmbio, para sectores e associações, terão lugar nos dias 18 de Junho e 9 de Julho. O período de consulta pública conta também com sessões para recolha de opiniões dos diversos órgãos dos conselhos consultivos.

Por outro lado, o público pode apresentar as suas opiniões à DST por correio, telefone, fax, correio electrónico, página electrónica temática ou entregar pessoalmente as suas opiniões por escrito. Endereço da DST: Alameda Dr. Carlos d'Assumpção, n.os 335-341, Edifício "Hot Line", 12.° andar, Macau; Telefone: 2831 5566; Fax: 2837 2446; Correio electrónico: masterplan@macaotourism.gov.mo; página electrónica temática: http://masterplan.macaotourism.gov.mo.

Público convidado a levantar o documento de consulta
O Documento de Consulta, além de poder ser descarregado na página electrónica temática http://masterplan.macaotourism.gov.mo, também pode ser levantado nos seguintes locais: na sede da DST, na Alameda Dr. Carlos d'Assumpção, n.os 335-341, Edifício "Hot Line", 12.° andar, Macau; nos balcões de Informações Turísticas da DST no edifício Ritz, no Largo do Senado, no Terminal Marítimo do Porto Exterior, nas Portas do Cerco, no Aeroporto Internacional de Macau, no Terminal Marítimo Provisório da Taipa; no Centro de Serviços da RAEM, na Rua Nova da Areia Preta n.° 52; no Centro de Informações ao Público, na Rua do Campo, n.os 188-198, Vicky Plaza, 2.° andar; e nas bibliotecas públicas.

Vários meios de divulgação e promoção
Durante o período de consulta, a DST promoverá o documento de consulta e informações relacionadas através de vários meios de divulgação, para que a população conheça melhor os aspectos a serem promovidos que são alvo da consulta pública. Os meios de divulgação incluem: anúncio de divulgação televisivo, difusão na rádio, página electrónica temática, WeChat, anúncios nos jornais, placares de publicidade exterior, caixas luminosas, em autocarros, cartazes, brochuras, exposições de rua, entre outros. As exposições de rua serão realizadas no Largo do Senado, no espaço lateral do Jardim da Cidade das Flores na Taipa (Rua de Seng Tou), no Jardim do Mercado de Iao Hon, na Praça do Tap Seac, na Zona de Lazer da Rotunda de Carlos da Maia e na Praça da Amizade. Nas exposições estarão patentes placares informativos, com imagens e explicações, para dar a conhecer ao público o conteúdo do documento de consulta sobre o Plano Geral do Desenvolvimento da Indústria do Turismo de Macau. 

Plano Geral desenvolvido em três fases
Em 2015, a DST deu início ao estudo e elaboração do Plano Geral do Desenvolvimento da Indústria do Turismo de Macau, que tem como objectivo proceder ao planeamento geral da indústria do turismo de Macau, e servir como base e orientação para o desenvolvimento da indústria do turismo de Macau nos próximos 15 anos. O Plano Geral do Desenvolvimento da Indústria do Turismo de Macau é definido com base nos objectivos e orientações traçadas pelo projecto do Plano Quinquenal de Desenvolvimento da RAEM (2016 – 2020).

Os trabalhos para o Plano Geral do Desenvolvimento da Indústria do Turismo de Macau são desenvolvidos em três fases: a fase 1 consiste na recolha de informações para análise da situação actual e elaboração preliminar dos projectos do Plano Geral, a fase 2 na elaboração de projectos mais aprofundados do Plano e consulta pública, e a fase 3 na finalização do Plano Geral.

A DST já terminou, em Novembro de 2015, os trabalhos da fase 1 do Plano Geral do Desenvolvimento da Indústria do Turismo de Macau, e elaborou projectos preliminares do Plano Geral. Actualmente está a entrar na fase 2 de trabalho, com a realização da consulta pública, em que depois de recolhidas as opiniões do público, estas serão utilizadas, adoptadas ou explicitadas nos estudos para a elaboração do Plano. Os trabalhos da terceira fase serão iniciados em Setembro deste ano, para rever e concluir o projecto final do plano. Prevê-se que o projecto final do Plano Geral do Desenvolvimento da Indústria do Turismo de Macau será apresentada em meados de 2017.

No início de 2015, a DST abriu um concurso público para Prestação de Serviços do Plano Geral do Desenvolvimento da Indústria do Turismo de Macau, que proporá um plano a curto, médio e longo prazo para o desenvolvimento da indústria turística, para impulsionar uma implementação global do Plano Geral do Desenvolvimento da Indústria do Turismo de Macau e promover um desenvolvimento sustentável da indústria turística, em sintonia com o trabalho do Governo da RAEM para posicionar Macau como um Centro Mundial de Turismo e Lazer.
 

Actualizada: 23/05/2016